A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

março 13, 2012

Almas perfumadas

Só para dizer que te amo!

Oi! Engraçado como é a vida e as coisas… As vezes deixamos de fazer pequenos atos que poderiam nos render um dia melhor. Um abraço antes de sair de casa, um carinho no cabelo, uma palavra… Pensei nisso várias hoje, entre uma tarefa e outra aqui no trabalho: entre tarefas de alunos por corrigir, turmas novas a serem formadas, material didático por separar, telefonemas… Pensei no quanto gostaria de simplesmente te abraçar nesse momento para que soubesses que estás no meu coração em cada instante do meu dia. Mas, como não posso agora, aqui sentado e numa folga do trabalho, decidi escrever.

Quero te dizer o quanto te gosto e que muitas vezes fico preocupado com seus silêncios e introspecções. Pois você, para mim,  é uma alma perfumada. Você é daquelas pessoas que tem cheiro de estrelas – dessas que Deus acendeu no céu e daquelas que conseguimos acender na Terra. Ao seu lado,  não acho que o amor é possível, tenho a certeza. Estar ao seu lado sinto-me visitando um lugar feito de alegria. Recebendo um buquê de carinhos. Abraçando um filhotinho bem fofo. Tocando com os olhos os olhos da paz. Ao seu lado saboreio a delícia do toque suave que sua presença sopra em meu coração.

Carlos Drummond de Andrade é um dos escritores que mais admiro. E hoje recebi um e-mail não dirigido a mim, mas para uma amiga que acabou de se aposentar que é do grupo de Educação Fiscal do qual faço parte. E essa poesia do “Drummond”, parafraseada nesse post, veio anexada. Na verdade ela não é do Drummond, e sim da Ana Cláudia Saldanha Jácomo.  De tão especial a guardei para ler de vez em quando. Achei que ela é ideal para ler quando precisar relembrar a alma de que a vida é um dom especial. Que ela seja especial para VOCÊ também, que é uma alma perfumada e que tem cheiro de cafuné sem pressa. Do brinquedo que a gente não largava quando criança. Do acalanto que o silêncio canta. De passeio no jardim e de tantas outras coisas que me fazem bem quando estou ao seu lado…

Almas perfumadas

Tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta. De sol quando acorda. De flor quando ri. Ao lado delas, a gente se sente no balanço de uma rede que dança gostoso numa tarde grande, sem relógio e sem agenda.

Ao lado delas, a gente se sente comendo pipoca na praça. Lambuzando o queixo de sorvete. Melando os dedos com algodão doce da cor mais doce que tem pra escolher. O tempo é outro. E a vida fica com a cara que ela tem de verdade, mas que a gente desaprende de ver.

Tem gente que tem cheiro de colo de Deus. De banho de mar quando a água é quente e o céu é azul. Ao lado delas, a gente sabe que os anjos existem e que alguns são invisíveis. Ao lado delas, a gente se sente chegando em casa e trocando o salto pelo chinelo. Sonhando a maior tolice do mundo com o gozo de quem não liga pra isso. Ao lado delas, pode ser Abril, mas parece manhã de Natal do tempo em que a gente acordava e encontrava o presente do Papai Noel.

Tem gente que tem cheiro das estrelas que Deus acendeu no céu e daquelas que conseguimos acender na Terra. Ao lado delas, a gente não acha que o amor é possível, a gente tem certeza. Ao lado delas, a gente se sente visitando um lugar feito de alegria. Recebendo um buquê de carinhos. Abraçando um filhote de urso panda. Tocando com os olhos os olhos da paz. Ao lado delas, saboreamos a delícia do toque suave de sua presença soprando nosso coração.

Tem gente que tem cheiro de cafuné sem pressa. Do brinquedo que a gente não largava. Do acalanto que o silêncio canta. De passeio no jardim. Ao lado delas, a gente percebe que a sensualidade é um perfume que vem de dentro e que a atração que realmente nos move não passa só pelo corpo. Corre em outras veias. Pulsa em outro lugar. Ao lado delas, a gente lembra que no instante em que rimos Deus está conosco, juntinho ao nosso lado.

E a gente ri grande que nem menino arteiro. Tem gente como você que nem percebe como tem a alma perfumada! E que esse perfume é dom de Deus.

(Ana Cláudia Saldanha Jácomo)

Anúncios

25 Comentários »

  1. Que lindo !!!! Adorei e ja copiei pra enviar a MINHA ALMA PERFUMADA .Pessoas especiais como vc com certeza tb sao almas perfumadas .Beijos

    Curtir

    Comentário por ANA MARIA — março 13, 2012 @ 10:06 | Responder

  2. este texto é muito bonito, daqueles que devem ser relidos sempre.
    obrigado pela oportunidade da releitura
    bjs

    Curtir

    Comentário por RoPertile — março 13, 2012 @ 11:41 | Responder

    • Oi Rosângela. Existem textos que mexem com a gente, de tal forma, que os incorporamos, não é mesmo? Esse é um deles. Bjs.

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — março 13, 2012 @ 12:07 | Responder

  3. Outro poema tão lindo sobre almas…

    Llegas a ser parte de mis gestos,

    causa de mis sonrisas,

    motivo de mis silencios…

    no es solo mirarte, tocarte, o besarte,

    es que hablarte, escucharte o pensarte,

    motiva el sentido de mis verdades…

    Emociones compartidas,

    que iluminan nuestras vidas…

    que es verdad, que no es un cuento,

    que te llevo muy adentro

    pues no sólo son pasiones,

    también son sentimientos,

    Sentimientos encontrados, que gritan extasiados,

    que dos almas gemelas se han enamorado.

    Sin más, a mi amor…

    Curtir

    Comentário por Alim Soares — março 13, 2012 @ 14:09 | Responder

  4. “Muito Feliz” é a Mulher que recebe uma Declaração de Amor desta.

    Curtir

    Comentário por Maria Martins Ferreira — março 13, 2012 @ 14:21 | Responder

  5. “Muito Feliz” é a Mulher ou Homem que recebe uma Declaração de Amor desta.

    Curtir

    Comentário por Maria Martins Ferreira — março 13, 2012 @ 14:23 | Responder

  6. O Amor é a grande inspiração para se escrever palavras tão lindas. O Amor é o melhor dos perfumes.

    Curtir

    Comentário por Emília — março 13, 2012 @ 15:14 | Responder

  7. Ohhh meu amigo querido. Quanta inspiração. Saudades de quem ainda está na “camera de descompressão” (rs).

    Curtir

    Comentário por Fernando Teixeira — março 13, 2012 @ 16:14 | Responder

  8. O AMOR É LINDO MESMO !!! ENTÃO VIVA O AMOR !!!!! BJOS

    Curtir

    Comentário por 020956 — março 13, 2012 @ 22:55 | Responder

  9. Adoro me deliciar com estes textos maravilhosos, obrigado !!!

    Curtir

    Comentário por Lucia Silva — março 14, 2012 @ 1:27 | Responder

  10. Oi Gú! Não conhecia esta poesia, mas A M E I…
    Muito linda mesmo. Bjos

    Curtir

    Comentário por Rosana Christofoletti — março 14, 2012 @ 21:09 | Responder

  11. pena q não é de Drummond este poema…informação tbm é lição!

    Curtir

    Comentário por ana — agosto 22, 2012 @ 2:17 | Responder

  12. drummond? penso que o texto seja de Ana Jácomo…

    Curtir

    Comentário por Allana — julho 17, 2013 @ 0:56 | Responder

  13. Este texto não é de Drummond e sim de Ana Claudia Saldanha Jácomo

    Curtir

    Comentário por Cecília Horta — agosto 5, 2013 @ 9:33 | Responder

  14. Está poesia é das mais lindas carícias que já li! Já apresentei um grande amigo com ela e guarda na minha memória para nunca perder a ternura da delicadeza.
    Parabéns pelo texto que antecedeu, com certeza é alguém muito especial.
    Um abraço.
    CM

    Curtir

    Comentário por Carmen Marília — março 29, 2016 @ 12:52 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: