A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

novembro 22, 2011

Patente cearense disponibiliza tablet em braile

Equipamento deverá ser disponibilizado para a educação pública brasileira a partir do próximo ano.

Existem sistemas para microcomputadores da linha PC que se comunicam  com o usuário através de síntese de voz, viabilizando, deste modo, o uso  de computadores por deficientes visuais, que adquirem assim, um alto  nível de independência no estudo e no trabalho.

Tais sistemas realizam  a comunicação com o deficiente visual através de  síntese de voz em Português, sendo que a síntese de textos pode ser  configurada para outros idiomas.  Alguns desses sistemas, ao invés de simplesmente ler o que está escrito na tela,  estabelece um diálogo amigável, através de programas específicos  e interfaces adaptativas. Grande parte das mensagens sonoras emitidas por esses sistemas é feita em voz  humana gravada. E, essa tecnologia vai estar disponível para os deficientes visuais graças a um projeto desenvolvido no Ceará.

Equipamento também possui a função de sintetização de voz e deverá estar no mercado a partir do ano que vem - Foto de Fabiane de Paula

Um dos principais desafios dos deficientes visuais é ter acesso a leitura em braile de 100% de qualquer texto produzido no Brasil ou no mundo. Esse sonho deve ser possível a partir de 2012 graças ao Projeto Portáctil desenvolvido por professores do Instituto Federal do Ceará (Ifce) juntamente com a empresa incubada AED Tecnologia. O equipamento é capaz de permitir a leitura de documentos impresso ou digitalizados, bem como a escrita de documentos, utilizando uma ou mais células braile.

A câmara do tablet fotografa a folha do livro, que é escaneada em OCR e transformada em texto editável. “O tablet, que possui a interface feita no Android, permite comunicar via bluetooth para mostrar numa célula braile com formato de mouse o que está sendo lido no texto, dando ao usuário total controle de navegação sobre o texto exibido nessa modalidade de linguagem”, explica um dos “inventores” pertencente à empresa incubada, Heyde Leão.

O Portáctil, com patente cearense, é financiado pelo Ministério da Educação (MEC) desde 2010 após o reitor do Ifce Cláudio Ricardo Gomes de Lima ter apresentado a ideia ao ministro da Educação Fernando Haddad. Na próxima semana, o grupo de pesquisadores do Instituto irá à Brasília apresentar o resultado do trabalho e informar ao ministro que o protótipo está pronto e já poderá ser disponibilizado para a educação pública brasileira em 2012.

Também serão traçadas estratégias pelo MEC para que possa entrar em fase de produção, a partir de licitação, pela indústria nacional. “Será um novo tempo para o deficiente visual”, afirma o projeto tem à frente o professor Anaxágoras Maia Girão, também coordenador geral do Portáctil. Segundo ele, o projeto, coordenado pelo Laboratório de Pesquisa Aplicada e Desenvolvimento em Automação, ainda possui função de sintetização de voz, permitindo a leitura aos que não dominam a linguagem braile.

O objetivo do projeto é a inclusão de deficientes visuais na educação, salienta Heyde Leão. Segundo ele, o tablet poderia ser um diferencial, uma vez que é bastante custosa a produção de livros em braile. Um livro em braile, além do tamanho grande, precisa de mais de um volume para nele caber o original da edição comum. “O tablet pode armazenar muitos livros em braile”, destaca.

Um dos integrantes da equipe, professor Elias Teodoro Júnior, ainda lembra que o equipamento se comunica com o tablet via bluetooth, o que permite que, na ausência do tablet, possa ser usado num celular do tipo smartphone. De acordo com o professor, a iniciativa tem como objetivo assegurar a inclusão de deficientes visuais na modernidade da educação. “Atualmente, temos pouca literatura em braile e a um custo muito alto. Esse equipamento possibilitará a leitura de qualquer documento”. O Projeto Portáctil, tem patente depositada junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi).

O equipamento possibilita a escrita, outra função adicional. Para Heyde Leão, ainda não é possível definir preço, uma vez que o MEC colocará os resultados do projeto em licitação pública para a indústria, sendo vencedora a proposta mais barata e de mais qualidade. Para dar uma ideia de comparação, ele cita o preço da máquina de braile, que tem mais de 60 anos no mercado e custa entre R$ 6 mil a R$ 7 mil. “As pessoas precisam desse tipo de solução para uma vida mais digna. Os valores finais devem ser justos”.
Fonte: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1065041

3 Comentários »

  1. Por isso que temos a cabeça chata! Maior área cerebral….rrrsss….lindo projeto do nosso IFCe.

    Bjs

    Curtir

    Comentário por Imaculada — novembro 22, 2011 @ 12:27 | Responder

  2. Mais uma vez os brasileiros vem demonstrando o pioneirismo no uso da informática, o voto eletrônico é uma demonstração disso e agora a leitura para deficientes visuais via Tablet em Braile. Parabéns aos Cearenses.

    Curtir

    Comentário por Emília — novembro 22, 2011 @ 15:14 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Pensieri Parole e Poesie

Sono una donna libera. Nel mio blog farete un viaggio lungo e profondo nei pensieri della mente del cuore e dell anima.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: