A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

outubro 15, 2011

Sobre o blog Vientos de Brasil, o movimento dos indignados e a educação

Gosto muito de ler o blog do Juan Arias – Vientos de Brasil – no El Pais on line. Ele começa o blog dizendo: este blog pretende compartilhar com os leitores o Brasil em que vivo, esse gigante americano econômico que hoje é  objeto de desejo no cenário mundial.  O Brasil da gente e não só o da política. O Brasil que prefere o diálogo ao invés da luta, a fé em algo ao invés da incredibilidade. O Brasil das mil raças e culturas que convivem sem guerra. Com certeza, uma linda declaração de amor ao nosso país.

Brasil - um país com grandes lacunas na educação escolar

Em um dos seus últimos posts, comenta artigo do jovem escritor brasileiro, João Paulo Cuenca – tema ideal para o dia de hoje, 15 de outubro, quando comemoramos o Dia do Professor. Nele, discorre sobre a educação. Diz que uma educação de qualidade é uma grande meta brasileira e que não se resolverá nos próximos dez anos. Sim, o país continuará crescendo economicamente e se converterá num monstro com uma cabeça gigante sobre os pés frágeis de barro.

O Brasil tem mais ou menos 60 milhões de estudantes. Deles, segundo a UNESCO, 18% repetem o ano. É o maior índice de toda América Latina. A média mundial é de 2,9%. Cerca de 13,8% abandonam os estudos depois do primeiro ano de ingresso no ensino fundamental precipitando o abismo do analfabetismo. É também o maior índice da América Latina. A média mundial é de 2,2%.

Cerca de 70% dos brasileiros encontra dificuldades para ler e escrever. Por exemplo, para ler um jornal ou escrever um texto. Os analfabetos são 9,7% da população. Isso quer dizer, em números, que são 14,1 milhões entre os brasileiros com mais de 15 anos, segundo o IBGE. No nordeste esses números são ainda maiores – 18,7%.

Os índices de analfabetismo do Brasil são comparáveis ao dos países africanos, e de algumas regiões rurais da China e de países árabes onde as mulheres são proibidas de estudar. Sem educação não existem cidadãos. ´´Existem escravos. Somos como cegos.´´

O Brasil gasta  com educação menos que a maioria dos países do mundo, pouco mais de 4% do seu PIB, quando, segundo os entendidos sobre educação o mínimo seria 10%. O custo de um aluno matriculado na escola fundamental é de pouco mais de mil dólares. Isso é menor do que gasta a Colômbia, o México, a Argentina, a Costa Rica e o Chile. Equivale a um oitavo do que gasta os EUA e a um quinto do que é gasto na Espanha e Portugal.

Mas, pelo momento é o que temos. Por isso tornam-se muito importantes os movimentos populares que estão surgindo onde a população sai às ruas para protestar – como os dois mais recentes ocorridos em 7 de setembro e o do último dia 12 de outubro – O  Movimento Contra a Corrupção.

Segundo o Juan Arias, no momento é o que temos. Havemos que contentar-nos com nossos 8 mil kms de praias virgens, nossa incrível capacidade criativa de sobrevivência, nossos desejos de melhorar, nossa alegria de viver e ainda, segundo ele,  possuímos ´´uma simpatia natural que os estrangeiros que escolhemos esse país para viver, nunca deixaremos de agradecer e de admirar.´´

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: