A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

setembro 19, 2011

Paixão por uma boa pizza!

Famosa na Itália, no Brasil a pizza também é um prato muito popular e não fica restrito às pizzarias e restaurantes. Aprenda a preparar de maneira fácil uma gostosa massa de pizza caseira. Esta é uma receita prática, que leva cerca de 1 hora para ficar pronta. Aprendi a fazer em Rio Claro, quando trabalhei aos finais de semana e por vários anos em uma pizzaria.

Pizza de rúcula

Além da pizza comum, como a saboreamos por aqui, essa massa também é perfeita para fazer a pizza al taglio, famosa por toda a Itália, principalmente em Napoles e Roma. Para quem não conhece, a pizza al taglio é feita em forma retangular ou quadrada. Na Itália, escolhe-se o sabor que quer, o balconista mostra mais ou menos onde ele vai cortar a pizza, e daí é só dizer: “un po’ di piu” ou “un po’ di meno”, ou “va bene cosi”. Ou seja, um pedaço maior, um pedaço menor ou está bom assim. O balconista corta, pesa e cobra.

Massa de Pizza Caseira

500g de farinha de trigo
1 colher de chá (rasa) de sal
01 ovo
4 colheres de sopa de azeite
1 colher de café de açúcar
30g de fermento biológico fresco
125ml deleite ou água
125ml de suco de laranja

Preparo

Dissolva o sal, o açúcar e os tabletes de fermento nos 125ml de leite ou de água morna. Misture num recipiente com a farinha, o suco de laranja (que vai deixar a massa crocante), o ovo e o óleo (se preferir utilizar o fermento biológico seco misture-o diretamente na farinha, sem dissolver). Mexa e depois sove bem a massa até desgrudar das mãos – ela tem que ficar homogênea e lisinha. Sove bem mesmo! Deixe repousando por cerca de 30 min. Divida a massa em duas. Essa receita dá para fazer duas pizzas grandes. Espalhe a massa na forma untada com óleo ou polvilhada com trigo e coloque para assar por aproximadamente 20 minutos em forno médio. Depois de assada, a massa está pronta para receber o molho e o recheio de sua preferência e voltar ao forno por mais alguns minutos.

Se quiser transformar a coisa toda em algo mais divertido, continue a ler o post!

Tem a etapa descrita acima em que a massa está descansando, certo? Mas você não precisa de descanso! Abra um vinho, encha uma taça, tome um gole e agora vamos fazer um molho básico:

Molho básico de tomate para pizza

1 kg de tomate bem maduro
2 dentes de alho (grandes)
½ colher de chá de sal

Preparo
Retire a pele dos tomates (veja como fazer isso no fim desse post). Coloque-os em um liquidificador junto com os 2 dentes de alho e o sal. E pronto.

Sim, é assim mesmo! O molho é com os tomates crus! Se achar mais fácil, compre um sachet desses molhos já prontos, para pizza.

Agora é hora de montar a pizza!

Como montar a pizza:

Depois da massa assada, passe generosamente uma camada do molho por toda a superfície. E depois? Use sua criatividade! Abaixo seguem duas opções:

Pizza Margherita:
Mussarela ralada, tomates frescos fatiados, manjericão fresco e um passeio de azeite.

Pizza de Rúcula com tomates:
Rúcula, mozzarella ( normal ou de búfala), algumas folhas de manjericão fresco, tomates frescos fatiados e um passeio de azeite. Coloque a rúcula somente depois que retirar a pizza do forno (você já viu como ela fica depois de pronta na foto postada acima).

Pizza al taglio

Você sabia?

O fermento é um tipo de fungo, ou seja, é um organismo vivo, e precisa de 3 ingredientes para crescer: umidade, alimento e calor. A umidade é dada com a água ou o leite (se quiser, depois da massa sovada, pode cobrí-la com um pano úmido para crescer, aumentando assim a umidade), o calor é dado pela temperatura morna da água ou o calor das nossas mãos quando sovamos a massa (por isso que eu disse acima que tem que sovar bem!) e o alimento é o açúcar simples, que nesta receita é o açúcar branco refinado. Em qualquer receita que você fizer, se o fermento não ativar com esses três ingredientes, é porque o fermento está vencido.

Sempre que for fazer uma pizza use o tomate maduro, que é mais doce, e, portanto, menos ácido. Colocar açúcar no molho para tirar a acidez não é legal. O açúcar vai mascarar a acidez e não vai tirá-la. Para reduzir a acidez, retire as sementes dos tomates. Ou então coloque metade de uma cenoura no momento do cozimento, ou uma pitada de bicarbonato de sódio. Reduzir a acidez é também reduzir a quantidade de vitaminas do molho, já que algumas vitaminas, como a vitamina C, são ácidos.

Se você retirar a pele do tomate vai diminuir o gosto amargo do molho. Faça um X na “bundinha” do tomate, coloque durante 1 minuto em água fervente e logo em seguida mergulhe-os em água bem gelada para dar um choque térmico. Aí é só puxar a pele e ela sairá facilmente.

Vejam também o post com a receita de Focaccia

Anúncios

5 Comentários »

  1. Hummmm,que delícia . Vou arrumar minhas malas e vou aí passar uns dias pra degustar estas pizzas

    Curtir

    Comentário por Irany — setembro 19, 2011 @ 9:43 | Responder

  2. Pela aparência a pizza de rúcula deve estar ótima!!!

    Curtir

    Comentário por Emi — setembro 23, 2011 @ 18:14 | Responder

  3. Olá amigo Augusto..Olha que quando o assunto é pizza no Brasil a diferença é grande das quais fazem o povo Italiano. Só tem a fama, mas a nossa é muito mais saborosa e principalmente falando sobre a PIZZARIA MARGHERITA que pensam ser a melhor do mundo ainda dou preferência a que fazem em São Paulo e sou sincera em falar que só que como pizza gostosa quando vou a esta capital. Excelente a sua receita gostei muito. Abraços fraternos. Kaoma

    Curtir

    Comentário por Kaoma Sorley — outubro 4, 2011 @ 2:56 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: