A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

abril 13, 2011

Um jardim japonês em casa

Os jardins japoneses podem ser complexos ou simples, isso é você quem decide – escrevi esse texto a fim de auxiliá-lo(a) a criar um pequeno recanto particular para produzir serenidade, relaxamento e tranquilidade. Se você deseja criar um jardim interior, o mais usual é construí-lo em áreas integradas com outras divisões da casa como um terraço ou num canto da sala.

Jardim Zen

Se você não quer ter trabalho, mas quer ter seu canto japonês, comece procurando um local com claridade e não por acaso, tenha um vaso com bambú – que tem um grande significado para os japoneses e monte um pequeno jardim Zen. Você pofe ter seu mini espaço zen no canto que escolher – da casa ou no apartamento. Se quiser e gostar, incorpore uma pequena fonte e o efeito será surpreendente. O barulho da água é relaxante.

Uma fonte para um barulhinho bom...

 A chave para compreender a essência e a origem de tais jardins são importantes para o espaço zen. Estes tipos de jardins surgiram no Japão no início do período Heian, a última fase do período clássico do país. Sua disseminação foi tão rápida que hoje podem ser encontrados em casas particulares, templos budistas, parques, santuários xintoístas.  Os jardins zen, são famosos no Ocidente pela ampla difusão da cultura oriental. Pedras, plantas e a água são elementos essenciais no jardim japonês. 

O simbolismo nos jardins japoneses é essencial - ele é montado sobre a criação de uma paisagem de água e terra, real ou imaginário.

 

As rochas devem ser naturais, mantendo as suas formas, colocando-se as maiores em primeiro lugar.

As rochas também são essenciais e você as deve colocar como foram encontradas – no estado bruto. Podem ser de diferentes tamanhos, cores e texturas, planas, redondas, pequenas ou grandes.  As pontudas simbolizam as montanhas ou ilhas. No jardim japones, o lugar destinado para as rochas é chamado Iwakura. 

Os jardins japoneses são considerados locais de meditação. Lugares de encontro com a natureza.  Lugares de projetados para o relaxamento e serenidade e  para serem admirados.  As cercas de madeira e arbustos se tornam elementos essenciais.

Podemos distinguir dois tipos de jardim japonês. De um lado estão os jardins para passear, os quais destinam-se a a circular ao longo de seus caminhos. E há os jardins de casas, destinados para a contemplação. A coisa mais importante para dar uma sensação de espaço, especialmente em lugares pequenos é uma boa distribuição de árvores, arbustos, pedras e plantas em geral.

Caminhos, pequenas lagoas, lagos, pontes, lanternas de pedra ... são alguns dos elementos típicos de um jardim japonês.

Ao escolher as plantas, você deverá saber que deverá colocar as espécies que durem muito tempo, que sejam perenes, pois  representam a estabilidade, como os bonsais.  Você pode escolher o bambu, azaléia, samambaias, rododendros, bordo japonês ou lírios, entre outros. O musgo  é um elemento precioso em um jardim japonês, mas precisa de constante umidade e sombra.

Os bonsais representam a longevidade

Se quiser um jardim japonês isolado, deve-se usar para isso  junco, bambu ou sebes – a única condição é que todo o material seja natural. A areia ou cascalho simbolizam a água. Você deve rasteá-la com freqüencia para simular o movimento – e isso é muito relaxante.

A idéia do jardim japonês é a de representar a beleza da natureza e os sentimentos instáveis ​​criando sensação de paz e relaxamento…  Agora você pode criar seu próprio jardim japonês em qualquer lugar de sua casa e desfrutar desses momentos de serenidade, que são tão bem vindos a esta vida corrida que vivemos.

Anúncios

5 Comentários »

  1. a ideia de jardim japones me leva de volta a minha infancia lá em ribeirão preto.
    ribeirão possui um bosque dentro, no meioooo da cidade.
    eu não vou lá a mais de 20 anos.
    mas me lembro que uma parte dele era composta de jardim japones.
    com ponte em cima do laguinho de carpas.
    fui poucas vezes alí naquele pedaço da cidade que tambem tinha o mosteiro e as 7 capelas.
    me pergunto hj o que virou aquilo.
    mas o jardim japones que eu masi gosto é aquele mostrado na penultima foto, com aquela estatueta que lembra um templo, e pedras.
    aquela opção de areia com o rastelinho eu não gosto, sou muito agitada pra isso ( e meu gato keith iria usar a areia…sabe pra que né????)

    Curtir

    Comentário por coisadelilly — abril 13, 2011 @ 13:07 | Responder

    • Oi Lilly, tudo bem?
      Você não me conhece, fuço o seu blog quase q diariamente, estou reformando minha suite, fazendo um closet, e trocando algumas janelas por portas, algo assim bem simples, que levaria um mes e nas minhas contas uns 20 ou 30 mil reais, ledo engano, la se vão 9 meses e essa reforma não nasceu…fora o preju q ja esta na casa dos 60 mil reais e ainda alta muito, se arrependimento matasse, vc agora não saberia q o bosque de Rib Preto, continua la, lindo quando teve o centenario dos migrantes japoneses no Brasil,o jardim japones do bosque foi todo reformado, as carpas continuam por la, muito bambu, fontes e paz.
      Paz que desejo a vc,ah não moro em Rib Preto, mas sempre q posso passo pelo bosque, no festival Tanabata, que é realizado ao lado, no Morro do São Bento.
      Bjos fica com Deus…
      Vou continuar fuçando o seu blog, em me ajudado bastante.

      Curtir

      Comentário por Vania — maio 2, 2011 @ 16:59 | Responder

  2. Alguns Haikais:

    Sob o céu azul,
    desabrocham girassóis.
    Dá-lhes vida o sol. by Mardilê Friedrich Fabre

    Sobre vitórias-régias
    O sol se derrama
    Compondo girassóis. by Flora Tomé

    Noite no jasmineiro.
    Sobre o muro,
    Estrelas perfumadas. by Yeda Prates Bernis

    Curtir

    Comentário por Emília — abril 14, 2011 @ 0:40 | Responder

  3. Muito lindo! A dica será de ser pensado.Amei

    Curtir

    Comentário por Irany — abril 14, 2011 @ 23:50 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: