A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

abril 7, 2011

Cidadania Italiana – minha saga para conseguí-la!

Faz muitos anos que comecei a pesquisar a história da família Martini. Comecei pela coleta de documentos para entrar com processo de reconhecimento da “dupla cidadania” (italo-brasileiros) a partir de meu bisavô, que veio para o Brasil em 1886 com seus pais e irmãos. A partir da coleta de dados em consultas junto aos meus pais e parentes, pois meus avôs já haviam falecido, vislumbrei a necessidade de manter o registro da família, pois verifiquei que muitas informações estavam se perdendo. A cada visita a parentes fui pegando os relatos. Pela necessidade dos documentos que seriam necessários ao processo de dupla cidadania, fiz pesquisas mais abrangentes em arquivos e cartórios, reconstruindo a história e construindo dessa forma uma Árvore Genealógica. Em conseqüência a árvore foi se ramificando e fui alimentando o documento com todas as informações que conseguia.

Richiesta certificado di nascita de Luigi Martini

Pesquisando no Memorial do Imigrante de São Paulo pelo nome do meu tataravô, Giuseppe Martini, e do meu bisavô, Luigi Martini, descobri a chegada da família em 10 de abril de 1886. Assim, no próximo domingo, comemoram-se os 125 anos da chegada de meu bisavô em Santos. Sua família chegou no navio Vapore Perseu. Meu bisavô contava então com 16 anos!

Reuni os documentos que achei e depoimentos de tios e primos, mas sempre acho ainda algo a acrescentar. Do Memorial do Imigrante tenho a Certidão de Desembarque, onde consta a informação do navio que os trouxeram. Isto propiciou que obtivesse junto ao Arquivo Nacional no Rio de Janeiro a cópia do microfilme da Relação de passageiros do vapor Perseu, onde consta em manuscrito o nome dos passageiros entre os quais os meus antepassados. A cada descoberta fui ficando fascinado com a história da família.
Archivio Storico Curia Vescovile Treviso

Assim em 11 de fevereiro de 2005, reunida a documentação necessária dei entrada ao processo de dupla cidadania, junto ao Consulado Italiano de São Paulo. Estou aguardando ser chamado para entrevista e entrega de documentação. O andamento dos processos é demorado por causa da enorme quantidade de pedidos de descendentes de italianos querendo o mesmo reconhecimento. Na lista de espera, eu sou o número 34.326.

Solicitei ao pároco da Comune de Cornuda, Treviso, a certidão de batismo de Luigi Martini, porém, recebi a certidão de crisma. O livro de batismos onde ele estava registrado foi queimado durante um ataque na Primeira Guerra Mundial. Recebi as certidões de batismo dos irmãos dele: Francesco, Emilia, Augusta, Ludovico e Elisabetta Giovanni.
CertificatodiCresima

Assim, sempre encontro muitos amigos que estão na mesma situação e que me questionam sobre a cidadania italiana. Já me acostumei em dizer: “Tenho toda a documentação pronta, só falta dar entrada”.

Não quero ser o “estraga prazer” de ninguém, nem jogar um balde de água fria, mas se quiser encarar o desafio para se tornar cidadão italiano, vai ser muito difícil, muito mesmo! É preciso querer, perseverar e levar a sua paciência ao limite do limite. Comece desde já economizando uma grana, pois os gastos são muitos. E terá que ter sempre as certidões com datas atualizadas em mãos. Como disse, muitos já possuem toda a documentação (ou acreditam que ela esteja pronta para a cidadania) e ficam inertes, sem que manifestem seu pedido de reconhecimento ao Consulado. Nessa brincadeira, passam-se anos, e o seu desejo continua lá: engavetado. Aí está um grande erro, pois as filas crescem de forma assustadora.

Vejam o meu caso. Meu pedido de reconhecimento de cidadania chegou ao Consulado dia 11 de fevereiro de 2005 e sou o n.º 34.326 na fila de espera. Quando entro no site do consulado e faço as contas, comparando com o número que estão atendendo agora, percebo que ainda terei mais uns 3 ou 4 anos pela frente até que me chamem.

Conheço pessoas que vão para a Itália, dizendo que o processo é bem mais rápido. Ledo engano. Pode até ser um pouco mais rápido, mas, se chegar lá com algum documento com incorreção, não conseguirá dar entrada.

O caminho é árduo e sempre há os boatos dizendo que se não conseguir a dupla cidadania até o ano tal, vai acabar. Não há indícios disso, mas, pela quantidade de processos que surgem todos os dias, é bem provável que o processo torne-se cada vez mais difícil. É muita gente querendo o benefício e muito trabalho para poucos funcionários.

Tenho primos que dizem que eu, com 51 anos, estou muito velho para conseguir o benefício. Não quero nem saber. Penso em deixar esse presente para as gerações futuras da família Martini. Pelo menos um trecho da história dela resgatado. Penso também que o reconhecimento não deve ser encarado apenas como um passaporte e uma identidade para ficar pendurada na parede ou guardada numa caixa. Isso é mesmo um processo de resgate, a busca por um pouco da história da família – isso é muito gratificante e acaba sendo uma força motriz muito importante para superar os anos de espera. Se você não tiver a documentação pronta, envie o seu pedido de reconhecimento de cidadania ao consulado (se quiser fazer o processo no Brasil) ou marque através de agendamento online a legalização de seus documentos. Com essas filas, há tempo suficiente para você providenciar toda a documentação, retificar possíveis erros dos nomes, reconhecer as firmas nos cartórios e depois mandar para um tradutor juramentado. Como já disse, não é simples ou barato esse processo. Mas que vale a pena, lá isso vale! Abraços e boa sorte!

Anúncios

91 Comentários »

  1. Nossa que coisa linda. Não se desanime meu irmão.Tudo que é difícil é melhor, é mais saboroso.Tem uma melhor história.Tenho muita fé em saber que você vai conseguir.E vamos ainda nos reunir para comemorar.Olha que tenho 57 aninhos e estou contigo nesta.Sei que você deve ter se emocionado muito ao ler estes documentos.Grande beijo.

    Curtir

    Comentário por Irany — abril 7, 2011 @ 19:17 | Responder

  2. “Seus sonhos são as letras do livro que sua vida está escrevendo.” by Paulo Coelho.
    A realização de sonhos não dependem de tempo, nem de idade. Não é justamente o desejo de realizar sonhos que nos mantém vivos?

    Curtir

    Comentário por Emília — abril 8, 2011 @ 0:01 | Responder

  3. Boa noite Augusto!

    Incrivel a sua perseverança. Tenho um primo, que mora em São Paulo e ele também, lutou muito pela dupla cidadania e sinceramente, acho que ele ainda não conseguiu. A burocracia é enorme, o custo altissimo, tudo dificil, complicado, desgastante. Você tem toda razão em dizer isso.

    Eu adoraria ter a cidadania italiana, meus tataravós, bisavós e avós vieram de lá, no caso dos meus avós, crianças de tudo. Então, sou segunda geração e me orgulho muito disso, ainda mais que, se for como dizem, até terceira geração, minhas filhas também poderão, um dia pleitear.

    É uma coisa que me deixaria imensamente feliz. Amo o Brasil mas também amo minhas origens (antepassadas). Os “causos” que contam, a família que lá ainda reside (primos)… tudo isso me fascina. Como sempre disse a você, meu maior sonho de consumo é, um dia conhecer a Itália, em especial Pádova e Veneza, Pádua também… é por lá que os meus estão espalhados.

    Não desanime, não desista, independente de você conseguir ou não, o “presente” que irá deixar para os seus será de grande valor.

    Parabéns amiguinho! Vou me inspirar em você, na sua força de vontade, na sua atitude grandiosa.

    Bjão

    Curtir

    Comentário por Ivana — abril 8, 2011 @ 0:03 | Responder

  4. Então quer dizer que o tataravô do Luigi tem o mesmo nome dele???? Que bacana, qdo puder, tira uma cópia pra eu guardar pra mostrar pra ele como recordação…… Bjos
    P.S.: O dia que te encontrei no Supermercado, comentei com ele em casa e ele me disse: ” É Ja faz um tempo que não vejo meu padrinho e meu irmão Alim”rsrsrsrsrs, bjão

    Curtir

    Comentário por andreia — abril 11, 2011 @ 13:13 | Responder

  5. Prezado Augusto, bom dia,

    É isso aí, vá em frente. Dei entrada no consulado em Fevereiro de 2000, fui chamado no início do ano passado e agora possuo a cidadania. Foram quase 11 anos de espera. MAS NÃO DESISTI!!!

    Cordiali Saluti,

    Marcos

    Curtir

    Comentário por Marcos Constancio — abril 11, 2011 @ 13:22 | Responder

    • Olá Marcos, eu fui chamado no início de 2011, enviei toda a nossa documentação e estou aguardando a análise. Quanto tempo passou depois de você ter entregue sua documentação ao Consulado? Foi em São Paulo? E que tipo de comunicado você recebeu deles após ter sua documentação analisada?

      Curtir

      Comentário por George — abril 12, 2012 @ 9:00 | Responder

      • Bom dia George.

        Ainda não fui chamado. Estou em lista de espera desde o ano de 2005.
        Abraços.
        Augusto

        Curtir

        Comentário por Augusto Martini — abril 12, 2012 @ 9:56

  6. ‘vai nessa Martini. sua saga é estimulante. sou “oriundi’,meu avo veio da Italia em 1895. familia Tocafundo. ele nasceu em San Severino. tenho certidão de nascimento dele. meu pai,nascido no brasil, serviu o exercito italiano em1930. tenho seu passaporte e certificado militar,alem de fotografias da epoca. tenho certidão de casamento de meus avos no brasil. acredito que não tenho muita dificuldade de apresentar documentos provando a genealogia. com sua experiencia, pode me orientar respondendo as seguintes perguntas: como é o requerimento inicial – é fornecido no consulado italiano. os documentos oriundos do brasil (certidão de casamento e nascimento,devem ser vertidos para o italiano. estes mesmos documentos, sendo originais, precisam ser autenticados. onde. pretendo requerer diretamente na italiana, pois tenho parentes lá que podem me acomodar .obrigado pela atenção. ernesto tocafundo

    Curtir

    Comentário por ernesto nazareno tocafundo — junho 27, 2011 @ 1:16 | Responder

  7. Boa noite!
    Sei que se vc for para o Rio Grande do Sul, vc consegue bem mais rápido do que em São Paulo, está informação tive de amigos que fazem curso de italiano comigo.
    Boa Sorte!!!
    Andrea

    Curtir

    Comentário por andrea — julho 16, 2011 @ 2:53 | Responder

  8. Boa noite!
    Sei que se vc for para o Rio Grande do Sul, vc consegue bem mais rápido do que em São Paulo, esta informação tive de amigos que fazem curso de italiano comigo.
    Boa Sorte!!!
    Andrea

    Curtir

    Comentário por andrea — julho 16, 2011 @ 2:54 | Responder

  9. Olá amigos!

    Familia Bosi

    Estou com a documentação pronta desde o fim de 2002, o consulado do Rio de Janeiro chamou minha familia neste ano 02012 meu irmão foi lá em Janeiro porém solicitaram mais uma certidão, de casamento , 2º de meu bisavo, que por ¨Acaso¨ou ¨Sorte¨ encontrei justamente fazendo atualização das certidões em um cartório da região .
    Pois seria realmente um entrave descobrir se ele teria vindo casado da Italia? em que região se deu o casamento? etc…enfim..
    Agora por fim estive lá também no consulado e foi aponrtado alguns erros de grafia neste documento e foi-nos solicitados as devidas correções então estou bem esperançoso disto estar chegando ao fim..quero na próxima vez postar aqui o final desta saga. desse ciclo um fim e inico Vitorioso!!

    Abraço

    Max

    Curtir

    Comentário por Maxsander — maio 9, 2012 @ 16:53 | Responder

    • Olá.
      Vá nos colocando a par do processo todo. Eu estou ainda esperando a minha vez na lista para avaliarem os documentos.
      Abraços e boa sorte.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — maio 9, 2012 @ 18:03 | Responder

  10. Prezado Augusto, é isso aí… FORçA… Como diz a frase… Tentar SEMPRE… Conseguir TALVEZ… Desisitir JAMAIS… MAS você conseguirá, eu consegui após 9 anos de espera e já passei minha cidadania para o meu Piccolino… é um nenêm com dupla cidadania, com as raízes resgatadas. Parabéns, vá nesta FÉ e que Deus te abençoe.

    Curtir

    Comentário por Marcos Costanzo — novembro 9, 2012 @ 15:40 | Responder

    • Prezado Marcos!
      Sua mensagem é motivadora! A cada vez que penso sobre o assunto – Cidadania Italiana – confesso que fico desanimado. Sempre é bom saber de pessoas que conseguiram. Parabéns!
      Um abraço.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — novembro 9, 2012 @ 15:52 | Responder

  11. Minha situacao é complicadissima.
    Ainda estou na fase da procura dos documentos na Italia. Estou literalmente garimpando por informações, e as que possuo no momento são limitadíssimas. Não possuo a data de casamento dos meus bisas na Italia, nem a data que viajaram para o Brasil. Busquei pelo sobrenome no Acervo Digital das hospedarias, e nada encontrei também, talvez pelo “aportuguesamento” dos sobrenomes dos Italianos ao desembarcarem no Brasil.

    Estou em contato com uma agente que faz as buscas, ela mesmo disse que minha situação não é nada fácil.

    Sou profundamente orgulhoso por ter decsendencia italiana. Sinceramente não me importo pela dificuldade momentanea, porque sei que o objetivo final será muito gratificante.

    Danilo Bernardo

    Curtir

    Comentário por Danilo Bernardo — dezembro 23, 2012 @ 18:11 | Responder

    • Oi Danilo.
      Essa busca é mesmo difícil, mas não desista. Eu estava na mesma situação que vc, não tinha nenhuma documentação. Consegui faz uns 7 anos e agora aguardo a fila de espera do consulado para montar o processo.
      Boa sorte!
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — dezembro 23, 2012 @ 18:42 | Responder

  12. […] Cidadania Italiana – minha saga para conseguí-la! […]

    Curtir

    Pingback por Árvore Genealógica da família Martini | A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini — abril 24, 2013 @ 9:30 | Responder

  13. Alguem sabe depois de quanto tempo a cidadania e reconhecida no consulado de SP apos receber a carta para enviar os documentos, assumindo que estao todos em ordem?
    Agradeco se alguem souber a resposta!
    Livia

    Curtir

    Comentário por Livia — abril 28, 2013 @ 17:50 | Responder

    • Oi Livia.
      Vou falar sobre o meu caso. Eu entreguei os documentos no consulado, para análise, em 2007. E até o momento não fui chamado. No site deles há uma relação com a classificação, por ordem de número, das entregas. Ainda tem mais de 300 pessoas na minha frente. Enfim, é demorado. Dizem que em outros estados, como o RJ por exemplo, é mais rápido. Mas, a pessoa deve morar no estado para entrar com o pedido por lá.
      At.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — abril 30, 2013 @ 8:40 | Responder

  14. Oi Augusto tudo bem? Pelo que entendi você preencheu os formulários em 2005 e em 2007 entregou os documentos para análise. Mas os documentos não devem ser entregues quando formos convocados? Agora fiquei na dúvida… E qual lista é essa? Eu procurei no site do consulado mas não encontrei. Só conheço a lista de espera com nosso número de ordem de chamada. Obrigada! Boa sorte para nós! Valéria.

    Curtir

    Comentário por Valéria — junho 6, 2013 @ 22:21 | Responder

  15. Oi Augusto tudo bem? Pelo que entendi você preencheu os formulários em 2005 e em 2007 entregou os documentos para análise. Mas os documentos não devem ser entregues quando formos convocados? Agora fiquei na dúvida… E qual lista é essa? Eu procurei no site do consulado mas não encontrei. Só conheço a lista de espera com nosso número de ordem de chamada. Obrigada! Boa sorte para nós! Valéria

    Curtir

    Comentário por Valéria — junho 6, 2013 @ 22:22 | Responder

    • Oi Valéria.
      Isso mesmo. Os documentos originais devem ser entregues quando formos chamados. E a lista que mencionei é essa lista de espera com o número de chamada.
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — junho 7, 2013 @ 10:05 | Responder

      • Oi Augusto, obrigada pela resposta! Você já foi chamado pelo consulado? Como você fez para conseguir as certidões negativas de inteiro teor aqui no Brasil? Perguntei no cartório da minha cidade, mas ninguém conhece…a cidade onde nasci é bem pequena. Ficaria muito agradecida pela sua ajuda! Abraços!

        Curtir

        Comentário por Valéria — junho 9, 2013 @ 22:33

      • Oi Valéria. Ainda não fui chamado não. Deve demorar mais um tempo. A lista, no site do consulado, está um pouco desatualizada, mas tem ainda muita gente na minha frente. As certidões de inteiro teor podem ser conseguidas com pessoas que fazem esse trabalho, fora dos cartórios. Em Rio Claro conheço duas pessoas que fazem. Em São Paulo, pode pedir auxílio nos patronatos. Abrs. Augusto

        Em 9 de junho de 2013 22:33, A Simplicidade das Coisas — Augusto

        Curtir

        Comentário por Augusto Martini — junho 10, 2013 @ 10:30

  16. Oi Augusto, tenho outra dúvida! Talvez você possa me ajudar. Você conseguiu a CNN pelo site? Eu tento entrar mas sempre dá erro e não abre a página para gerar a CNN… você conseguiu a sua?

    Curtir

    Comentário por Valéria — junho 9, 2013 @ 22:38 | Responder

    • Oi Valéria. Sim, consegui a CNN pelo site. Pode ser que estivesse com algum problema quando entrou. Tente de novo. Abrs. Augusto

      Em 9 de junho de 2013 22:38, A Simplicidade das Coisas — Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — junho 10, 2013 @ 10:28 | Responder

  17. Alguem sabe me dizer quanto tempo leva para sair a cidadania depois que entregamos os documentos no consulado? Depois de 8 anos de espera (consulado de SP) Entreguei toda documentação no mês passado….

    Curtir

    Comentário por Giselle — julho 6, 2013 @ 0:28 | Responder

    • Oi Gisele.

      Estou esperando me chamarem há mais ou menos oito anos. Será que me chamarão rapidamente? Como entraram em contato com vc, por telefone ou e-mail? Faz tanto tento que me inscrevi que meu endereço e telefones estão desatualizados por lá. Apenas o endereço de e-mail continua igual.

      Abrs. e boa sorte.

      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — julho 9, 2013 @ 13:45 | Responder

      • Oi Augusto, o meu telefone e e-mail também estavam desatualizados, somente meu endereço era o mesmo. Eu enviei um e-mail com a atualização para este endereço: taskforce.sanpaolo@esteri.it Me responderam dizendo que meus dados seriam atualizados. O melhor é enviar a atualização porque, segundo o site do consulado, a partir de setembro seremos convocados pelo próprio site. Mas eu entendo que antes disso as pessoas continuam sendo chamadas por carta e sendo assim é preciso ter o endereço e telefone atualizados. Também é possível enviar uma carta registrada para o consulado comunicando a atualização. Abraços Valéria!

        Curtir

        Comentário por Valéria — julho 9, 2013 @ 14:46

      • Oi Valéria. Estou em São Paulo. Assim, vou enviar o e-mail e se não der resultado, vou até lá ou envio a carta. Obrigado pela dica. Augusto

        Curtir

        Comentário por Augusto Martini — julho 9, 2013 @ 20:29

    • Oi Gisele, o consulado me disse que demora 8 meses (240 dias) mas pode ser que precise de algum documento complementar. Nesses casos, demora um pouco mais. Qual era o seu número na lista? Estou perguntando porque também estou esperando fazem 8 anos. Meu pedido é de maio de 2005, mas ainda não fui convocada. Abraços, Valéria!

      Curtir

      Comentário por Valéria — julho 9, 2013 @ 15:01 | Responder

    • Oi Gisele, o consulado me disse que demora 8 meses (240 dias) mas pode ser que precise de algum documento complementar. Nesses casos, demora um pouco mais. Qual era o seu número na lista? Estou perguntando porque também estou esperando fazem 8 anos. Meu pedido é de 2005, mas ainda não fui convocada. Abraços, Valéria!

      Curtir

      Comentário por Valéria — julho 9, 2013 @ 15:07 | Responder

      • Oi Valéria e Gisele. eu sou o nr. 34.326. Dei entrada no dia 11/02/2005. Também estou esperando a chamada.
        Abraços.
        Augusto

        Curtir

        Comentário por Augusto Martini — julho 9, 2013 @ 20:39

  18. Oi Augusto, tudo bem? Preciso retificar algumas certidões para o reconhecimento da cidadania italiana. Você teria algum advogado de confiança para me indicar?
    Pode ser de São Paulo, Rio Claro ou região!
    Muito obrigada!

    Curtir

    Comentário por Valéria — julho 15, 2013 @ 21:55 | Responder

    • Oi Valéria.

      Então, aqui em São Paulo não tenho contato com nenhum. Em Rio Claro, conheço a Ariana Pieroni, que também se encarrega de fazer os outros serviços de cidadania italiana. O meu diretor aqui no trabalho tem irmãos e pai que trabalham com isso. Mas, são de S. José do Rio Preto. Abraços. Augusto

      Em 15 de julho de 2013 21:55, A Simplicidade das Coisas — Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — julho 16, 2013 @ 8:53 | Responder

      • Oi Augusto, muito obrigada. Você poderia me passar o contato da Ariana Pieroni? Você fez as suas retificações em certidões com ela? Abraços!

        Curtir

        Comentário por Valéria — julho 17, 2013 @ 23:10

      • Oi Valéria.

        Os dados que tenho são os abaixo relacionados. Não sei se está atualizado.

        RIO CLARO – SP Agente Consolare Onorario: Ariana CASTELLANO PIERONI Indirizzo: Rua Particular 2, n. 22 (ponto de referência: Av. 15 entre Rua 1 e Rua 0) Bairro Saúde 13500-336 Rio Claro (SP) Telefax: 0xx/19/3524.4834 Circoscrizione: Municípios da região do Governo de Rio Claro.

        Em 17 de julho de 2013 23:10, A Simplicidade das Coisas — Augusto

        Curtir

        Comentário por Augusto Martini — julho 18, 2013 @ 0:04

  19. Oi Augusto, pensei que já tinha te respondido, mas me enganei. Acabei não agradecendo pelo contato da Ariana Castellano Pieroni. Bom, antes tarde do que nunca né! Muito obrigada pelo contato! Abraços!

    Curtir

    Comentário por valéria — agosto 11, 2013 @ 17:06 | Responder

    • Bom dia Valéria. Imagine. Não precisa agradecer! Boa sorte. Abraços.

      Em 11 de agosto de 2013 17:06, A Simplicidade das Coisas — Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — agosto 12, 2013 @ 9:02 | Responder

  20. Oi Augusto tudo bem? Você viu que colocaram uma nova lista no site do consulado?
    O último chamado foi o número 30.500 para entrega dos documentos em dezembro deste ano.
    Como o seu número está próximo também, lembrei de te avisar para ir deixando tudo em ordem.
    O meu número também está chegando, mas ainda não tenho todos os documentos. Estou correndo atrás e verificando o site do consulado todos os dias.
    Abraços Valéria!

    Curtir

    Comentário por valéria — setembro 29, 2013 @ 19:01 | Responder

    • Oi Valéria! Vou ver agora!! Agradeço pela dica! Boa sorte para nós! Tomara que nos chamem brevemente. Augusto

      Em 29 de setembro de 2013 19:01, A Simplicidade das Coisas — Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — setembro 30, 2013 @ 8:50 | Responder

  21. Quando você envia a carta para entrar na lista, como eles te confirmam que você entrou?

    Curtir

    Comentário por Bruno — outubro 27, 2013 @ 1:56 | Responder

    • Oi Bruno.
      Em meu caso, não me avisaram. Todas as semanas visitava o site do consulado italiano em São Paulo até que um dia estava lá.
      Abraços.

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — outubro 27, 2013 @ 23:01 | Responder

  22. Olá Augusto gostei da sua persistência. Eu também resolvi correr atrás, mas estou ainda no início. Venho pesquisando a família de meu bisavô Giorgio Moreschi do qual já tenho a maioria dos dados pessoais, mas a dificuldade está em localizar documentos em Verona que afirmam não existir. Mas ao mesmo tempo venho montando a árvore genealógica da família e nela está Maria Martini, mãe de Giorgio e casada com Giuseppe Moreschi. Os mesmos chegaram no porto do RJ em 15.01.1888 e seguiram para o RS. Como a família Martini veio em grande número para o Brasil estou tendo dificuldades em identificar a qual pertence Maria, já que sei somente que nasceu em 1856 e desconheço o lugar de nascimento, mas caso você tenha informação de algum dado que coincida com esses e puder me informar eu agradeço imensamente.
    Desejo-lhe toda a sorte pelo seu empenho e parabéns pelo blog!

    Curtir

    Comentário por Sandra — novembro 20, 2013 @ 16:30 | Responder

  23. Oi Augusto, meu marido também estava aguardando ser chamado, mas fomos prejudicados por uma informação errada que recebemos…Fomos informados que o consulado mandava a convocação pelo correio, mas eles não fazem mais isso, a convocação é feita pelo próprio site. Enfim…17/09/2004 ele deu entrada no consulado para o requerimento de cidadania italiana. Fomos olhar no site em que número estava e já havia passado o dele…hj está no 31500 e o dele é 30547 😦 voltamos para o fim da fila…..é muito injusto…..

    Curtir

    Comentário por Helena Toniolo — março 28, 2014 @ 23:27 | Responder

    • Oi Helena. Que pena!
      Também pensei que eles avisassem por telefone ou email. Vou ficar mais atento então.
      Boa sorte.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — março 30, 2014 @ 12:46 | Responder

  24. Seria possível adiantar o processo de Pedido de cidadania italiana, agendado para 2015?
    Minha mãe é cidadã italiana desde 2007. Meu irmão e sobrinhos também conseguiram a cidadania.
    No caso, o processo poderia ser mais rápido?

    Curtir

    Comentário por Myrian — abril 10, 2014 @ 23:19 | Responder

    • Oi Myrian.
      Não entendo muito disso, mas, acredito que não é possível. Sei que quem já tem alguém na família que conseguiu a dupla cidadania, tudo fica mais rápido depois que é feito o protocolo de entrada no consulado, mas, adiantar o agendamento acho que não há possibilidade. Teria que ver com eles.
      Abrs. e boa sorte.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — abril 11, 2014 @ 8:24 | Responder

  25. Preciso muito de sua ajuda!!!!!!!!!!!!!! Hj eu fui ao consulado(isso mesmo, feriado), como meu tio havido tirado a cidadania, eu iria dar prosseguimento a pasta, mas para minha supresa, a pasta do meu tio estava imcompleta, portanto agota terei que tirar tudo do inicio, minha duvida é a seguinte, fiz a busca digital no acervo digital memorial da imigracao, plin achei de cara o navio, meu tataravó, minha tataravô, e a tia da minha avó que vieram no navio Gottardo, bom fiquei feliz, mas e agora????? Tem alguma dica para me passar?

    Curtir

    Comentário por Andre Rocio — abril 21, 2014 @ 20:52 | Responder

  26. ola, nao desista nao o meu numero foi chamado agora, 31.0000 nao desiste entreguei os documento estou aguardando o reconhecimento demorou mais vale a pena, um abraco falta pouco,,,,,,,,,,,

    Curtir

    Comentário por ivete favero — agosto 1, 2014 @ 21:56 | Responder

  27. Olá Augusto, bom dia!
    Sou o número 36.000 da lista.. Porém, no começo do ano consegui achar uma lista aonde eles colocavam o número e a data e o horário que seria chamado, porém não encontro mais esse lista em lugar nenhum. Você sabe onde fica?
    Está chegando sua vez! Vai dar tudo certo! Boa sorte!
    Obrigada, Iara.

    Curtir

    Comentário por Iara Lovizio — agosto 13, 2014 @ 10:22 | Responder

  28. Oi, Augusto! Consegui achar! Meu agendamento está marcado para 17/06/2015!
    Como minha mãe, meu irmão e sobrinhos já conseguiram, espero que não seja taaaaão demorado.
    Caso você tenha referências de uma pessoa ou empresa habilitada para a tradução dos meus documentos, agradeceria a informação.
    Abraço e Boa sorte!

    Myriam

    Curtir

    Comentário por Myrian — agosto 14, 2014 @ 10:10 | Responder

    • Oi Myriam. Que notícia boa! Olha, dias atrás conversei com uma leitora do blog que me passou o seguinte contato: Edifício Itália, 20º Andar – Dr. Maurício – Fones 3259-1806 ou 3231-2351 Abraços e boa sorte. Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — agosto 14, 2014 @ 10:15 | Responder

    • Myriam, Por favor, me diga onde conseguiu ver os agendamentos para 2015, pois, no endereço que tenho, tem os agendamentos até o dia 28/11/2014. Obrigado. Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — agosto 14, 2014 @ 10:18 | Responder

      • Augusto, vou ver com minha filha, até a noite eu te passo essa informação.

        Curtir

        Comentário por Myrian — agosto 14, 2014 @ 10:25

      • Boa noite, Augusto! Fiz meu cadastramento on-line na Embaixada de Brasília. Você entra e vai clicando, cidadania, informação cidadania, reserva on-line, prenota on-line, coloca sua senha e entra no elenco de agendamento. Pronto!
        O endereço que você me passou é de São Paulo?
        Abraço!

        Myriam Masini

        Curtir

        Comentário por Myrian — agosto 14, 2014 @ 20:53

      • Oi Myriam. Obrigado. Sim, o endereço é de São Paulo. Abrs. Augusto

        Curtir

        Comentário por Augusto Martini — agosto 14, 2014 @ 23:35

      • Oi Myriam. Então, esse número que você disse corresponder a lista de espera e que aguarda ser chamada é em Brasília, e não em São Paulo? At. Augusto

        Curtir

        Comentário por Augusto Martini — agosto 14, 2014 @ 23:48

      • Exatamente, Augusto. Meus familiares já tiraram por BH e Brasília. Optei por lá por ser o da minha mãe. Acredito que os processos pela embaixada são mais rápidos do que os dos consulados.
        Buonanotte!

        Curtir

        Comentário por Myrian — agosto 15, 2014 @ 0:01

      • Ok. Obrigado, Myriam. Abrs.

        Curtir

        Comentário por Augusto Martini — agosto 15, 2014 @ 8:28

  29. Olá,
    Estou querendo dar entrada em minha dupla cidadania ! E achei curioso pq temos o mesmo sobrenome, talvez sejamos parentes, me chamo Amanda Martini, meu bisavô era Antônio Martini, veio da Itália criança e desembarcou no porto de Vitória/Es.

    Curtir

    Comentário por Amanda — outubro 5, 2014 @ 22:59 | Responder

    • Oi Amanda. Meu bisavô era Luigi Martini. Antonio Martini foi meu pai, que nasceu aqui no Brasil.
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — outubro 6, 2014 @ 22:08 | Responder

  30. Caro Augusto,

    Encontrei seu blog pesquisando por casos onde foram utilizados os certificados de crisma para dar entrada ao processo de cidadania italiana, a minha situação é muito parecida com a sua. Estou em busca da certidão de batismo de meu antenato, mas os pesquisadores com quem falei na Itália me disseram que as chances de encontrá-la são mínimas por conta da destruição das paróquias na comune de nascimento durante a primeira guerra. Recebi a sugestão de utilizar o certificado de crisma caso pudesse encontrá-lo, você conseguiu dar entrada em seu processo com esse documento substituindo a certidão de batismo sem nenhum problema?

    Desejo muita sorte com o seu processo!

    Um abraço,

    Carolina

    Curtir

    Comentário por Carolina — janeiro 29, 2015 @ 19:44 | Responder

    • Oi Carolina.
      Você é de Rio Claro? Pergunto por conta do sobrenome Bottacin. Tinha pessoas dessa família que eram amigos de meus avós e pais.
      Então, ainda estou na lista de espera. Estão chamando perto do nr. 32 mil. E eu e sou, salvo engano, 34 mil e alguma coisa. Já me disseram as duas coisas – que consigo sem problemas e que não consigo. Resta esperar me chamarem (acho que vai ser ainda no primeiro semestre desse ano) e que um bom funcionário do Consulado me atenda. Bom no sentido de bonzinho mesmo. Rs.
      Um abraço. Mantenha contato que a informarei se deu certo ou não.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — janeiro 29, 2015 @ 21:50 | Responder

  31. ja fui chamada em julho de 2014, todos os funcionaram sao muito educadas e simpaticos parecem ser humanos

    Curtir

    Comentário por ivete favero — fevereiro 13, 2015 @ 16:09 | Responder

    • Oi Ivete! Que notícia de alento você me deu. Com várias que converso me dizem que o trato não é nada agradável. Bom saber disso! Eu ainda estou aguardando! Abraços e boa sorte! Augusto

      Em 13 de fevereiro de 2015 16:09, A Simplicidade das Coisas — Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — fevereiro 13, 2015 @ 16:12 | Responder

  32. […] Cidadania Italiana – minha saga para conseguí-la! […]

    Curtir

    Pingback por Cidadania Italiana – um longo caminho a percorrer! | A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini — julho 16, 2015 @ 11:10 | Responder

  33. Augusto e amigos,

    Entreguei minha documentação no consulado de SP em julho de 2015. Vocês podem me dizer Qto tempo em média demorou ?

    Obrigada,

    Curtir

    Comentário por pafratin — setembro 20, 2015 @ 23:12 | Responder

  34. Amigos,

    Podem me dizer quanto tempo em média levou o processo apos a entrega da documentação no consulado de São Paulo? Estive em julho de 2015, disseram que estava tudo ok e que era para aguardar. Mas a italiana que me atendeu, apesar de ser super simpática falava somente italiano e não entendi o prazo!

    Curtir

    Comentário por pafratin — setembro 20, 2015 @ 23:16 | Responder

    • Oi Patrícia.
      Eu ainda não fui chamado. Irei no dia 04/11. Mas um amigo que trabalha comigo também foi entregar os documentos em julho. E até agora não teve novas notícias.
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — setembro 21, 2015 @ 8:36 | Responder

  35. Prezado Augusto,

    Depois de tanta espera, cada passo é emocionante! Vi que você convocado, e a essa altura já deve ter entregue os documentos, espero ler aqui notícias sobre o seu Reconhecimento!!

    No meu caso, ainda estou na fila, entrei na fila em 25/08/2005, nº 40.455, e acredito que devo ser convocado somente em 2017 (serão 12 anos de espera). Também estou bastante curioso sobre o tempo que demora após a entrega dos documentos, até o Reconhecimento.

    Curtir

    Comentário por Eduardo Salina Fernandes — janeiro 23, 2016 @ 20:52 | Responder

    • Oi Edu.
      Pois é. Fui convocado em 4/11. E na quinta-feira passada ao chegar em casa me deparei com um envelope do Consulado. Fiquei feliz, mas ao abrir, vi que apontam três coisas que tenho que providenciar em 60 dias: A certidão negativa de naturalização, que seguiu sem o carimbo do ERESP, uma correção de nome do meu pai (querem a certidão original, antes da correção) e a certidão de batismo, a qual não existe. Tenho uma declaração do pároco local dizendo que o livro foi queimado, mas anexei as certidões de batismo dos irmãos dele as quais consegui e também a certidão de crisma e o registro dele no exército, que o pai fazia uma declaração quando o filho nascia.
      Então, meu amigo, encontro-me agora em uma sinuca de bico que não sei como resolver.
      Quanto ao tempo que demora eles dão o prazo de até dois anos. Mas já ouvi casos de pessoas que foram chamadas com mais ou menos 6 meses depois da entrada.
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — janeiro 26, 2016 @ 8:26 | Responder

  36. Olá, eu estou aguardando ser chamado para a entrevista em agosto/2016. Gostaria de saber se após a essa entrevista há ainda terei que aguardar mais algum tempo para ter a cidadania. Já estou a 3 anos aguardando essa entrevista. Alguém sabe???

    Curtir

    Comentário por André santoro — março 29, 2016 @ 16:15 | Responder

    • Oi André.
      Você até que aguardou pouco tempo. Eu esperei quase 11 anos.
      Comigo aconteceu assim: apresentei os documentos em novembro de 2015, fizeram uma análise prévia, paguei uma taxa referente a 300 euros na hora (que não são devolvidos em caso de negativa do pedido). Agora disseram que preciso aguardar e que todas as comunicações serão feitas por e-mail. Já fui convocado a apresentar mais três documentos em janeiro. Enviei.
      Agora, se aprovado, terei que pagar uma outra taxa para a emissão do passaporte.
      Um amigo que foi chamado para a entrevista em junho de 2015 foi convocado para fazer o passaporte no mês passado.
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — março 29, 2016 @ 16:53 | Responder

      • Oi, Augusto! Tive facilidade com os documentos porque uma prima de segundo grau fez o trabalho mais difícil de encontrar e validar os documentos da família. Meu tio já conseguiu tirar também validando os documentos do meu avo. Tive sorte! Mas mesmo assim fiquei 3 anos esperando essa entrevista. Agora que está chegando perto da data estou colhendo informações para ver se posso me planejar nos estudos e trabalho. Pelo menos é uma perspectiva (maio/2017)! Obrigado pela informação.

        Curtir

        Comentário por Andre Santoro — março 30, 2016 @ 2:07

      • Oi André.
        Então o seu processo será rápido. Acredito que em menos de seis meses depois da entrevista já consiga o passaporte.
        Um abraço.
        Augusto

        Curtir

        Comentário por Augusto Martini — março 30, 2016 @ 8:17

  37. Olá Amigos!
    Dei entrada na minha documentação no consulado de SP em Jan de 2005. Fui chamada para apresentar a documentação no consulado em julho de 2015 e agora em Janeiro, recebi comunicado que o reconhecimento foi concluído. Agendei em Fevereiro a ida ao Consulado de SP para fazer os passaportes e 15 dias depois, recebi em casa. Agora estou na luta para o Comune de benevento encaminhar minha certdião de nascimento e casamento em italiano. Boa Sorte a Todos!

    Curtir

    Comentário por Patricia — março 29, 2016 @ 19:54 | Responder

  38. Olá Augusto,

    lendo os comentários mais antigos, me chamou a atenção o de número 30. Na resposta você diz conhecer alguns Bottacin.
    Estou procurando os documentos do meu trisavô para dar entrada na minha cidadania.
    Ele se chamava Giuseppe (José) Bottacin, casado com Barbara Branzatti (Bronzatti) e os dois trabalharam na Fazenda Angélica, em Rio Claro, por volta de 1891.
    Já dei buscas no cartório e no cemitério da cidade, porém sem sucesso. Você teria alguma informação sobre essa família? Como são dados muitos antigos, não consigo achar pelos sistemas de buscas, nem pelo cartório.

    Obrigada

    Curtir

    Comentário por Flavia — janeiro 17, 2017 @ 14:15 | Responder

    • Boa tarde Flavia.
      Meus avós e pais sempre comentavam sobre a família Bottacin. Parece que eram até meio aparentados.
      Não tenho mais informações, infelizmente, mas posso tentar conversar com uma tia minha. Acredito que ela saberá mais dados.
      Em todo caso, se você morar em Rio Claro, procure o Arquivo do Município. Lá eles possuem tabulados todos os atestados de óbito do Cemitério São João Batista. Isso poderá te ajudar de alguma forma.
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — janeiro 17, 2017 @ 14:33 | Responder

      • Olá!

        Eu sou de Barretos. Parece que meu bisavô foi o único filho do Giuseppe que saiu de Rio Claro. Na minha família ninguém sabe nada sobre ele ou sua esposa, parece que ninguém os conheceu. E, nas certidões do Sebastião, também não constam informações relevante sobre seus pais.
        Mas vou pesquisar sobre esse arquivo do município e ver se consigo alguma informação por e-mail ou telefone.

        Obrigada!!

        Curtir

        Comentário por Flavia — janeiro 17, 2017 @ 14:37

      • Boa sorte. Vou falar com minha tia Leonor e se ela lembrar de algo te aviso. Abraços. Augusto

        Em 17 de janeiro de 2017 14:37, A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

        Curtir

        Comentário por Augusto Martini — janeiro 17, 2017 @ 14:45


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: