A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

janeiro 11, 2011

Meu sobrinho-neto e sua guitarra!

Minha infância foi povoada por músicas. Meu pai era um autodidata em alguns instrumentos: violão, cavaquinho, sanfona (acordeon). Tinhas duas sanfonas italianas – uma de 80 e outra de 120 baixos. Acho que vem daí o meu gosto pela música. Sempre observava meu pai e tive vontade de aprender. Mas, como sou canhoto e meu pai sem paciência alguma para ensinar, ficamos por isso mesmo.

Dias atrás, quando estive em Rio Claro na casa da Rosana, uma de minhas sobrinhas – fiquei surpreso – o Luiz Henrique, meu sobrinho-neto de uns dez anos, havia sido presenteado com uma guitarra. Achei que fosse “fogo de palha” por conta do game Guitar Hero, um clássico do Playstation que ele gosta muito de jogar.

Luiz Henrique - o menino da guitarra e dos olhos azuis


Fiquei intrigado com essa estória da guitarra, pois, naquela casa ninguém gosta muito de rock e todos tendem para o sertanejo – raiz ou não. Com certeza, a influência do LH por música não foi cultivada e sim acidental. E, de repente lá estava ele, fazendo aulas, “tirando um som”. Ao mesmo tempo, outro gosto se tornava forte e seria dominante e essencial para o desdobramento desta história.

Apesar das aulas, há algo mais forte, muito mais forte. Dá para perceber o estilo musical principal despontando: o rock. Mas não qualquer rock: o rock clássico! E fico pensando: será que logo ele começará a ouvir Black Sabbath, Led Zeppelin e Deep Purple? Será que há algo se formando no inconsciente do LH e se acumulando com o tempo até que este estilo de música fixe e seja capaz de penetrar em seus sonhos noturnos e transformar os jogos do Playstation 2 e também agora do Xbox em uma paixão secundária?

Fico feliz e emocionado com isso! Parece que o jejum musical de minha família está se acabando!

O LH empunha sua guitarra como se fosse o objeto mais lindo construído pelo homem. Tomara que ele se torne um aficionado por guitarras e que mais para frente reconheça o quanto sua vida antes delas era incompleta. O simples empunhar da guitarra, junto ao estudo musical que faz, está abrindo diversas possibilidades. E agora sim, posso falar do “outro gosto” que citei acima. Na mesa do café, minha irmã, a Ivone, comentou que o LH tem rascunhado algumas letras musicais e tentando musicá-las. Quis ver. Não poderia perder tal oportunidade, pois sinto que falta ao LH mais leituras, paixão por gibis, livros, enfim, ler, ler e ler. Ele trouxe o “caderno das letras” e saiu de perto. Voltou para o vídeo game. E eu li. O encantamento foi tamanho com sua forma de escrever como se estivesse conversando, com seu texto simples, com suas mensagens claras, objetivas… Impossível não se encantar, não querer novamente ler! Enfim, só posso dizer que fiquei com muito orgulho do LH. Saí da mesa e fui dar-lhe um forte abraço. E ele, preso em sua timidez, ficou mudo!

Lu – espero sinceramente que a música e a guitarra lhe tragam algumas das amizades mais importantes e eventos mais significativos da sua vida.

Que você sinta a música e perceba que ela é como que o acompanhamento desconhecido de uma vida porque o que ouvimos hoje nos marca para sempre.  E, como eu disse acima, a música me embala desde pequeno e espero, me acompanhe no último suspiro. Certamente que no céu haverá música, e eu cantarei com os anjos. Serei barítono ou tenor ou tocarei qualquer instrumento. Música é tudo!

Que você consiga a realização de suas melhores expectativas. E que em qualquer lugar que  passar pela vida, que tenha uma melodia. E que os sons mudem – conforme o seu humor e o seu ritmo.

Beijão do tio-avô (credo – é horrível escrever isso!),

Gu.

5 Comentários »

  1. é vero! avô não combina com um gato como vc…
    mas é lindo ter este sentimento não é?
    de babar pelas coisinhas mais bobas da criança
    coisa de tiozão mesmo.
    apresente o luiz henrique pra um dos solos mais lindos que eu conheço: os quase dois minutos finais de tunnel of love do dire straits!
    eu sou roqueira até a raiz do cabelo, e sei de cor ( que significa DE CORAÇÃO) cada acorde das minahs musicas preferidas.

    Curtir

    Comentário por coisadelilly — janeiro 11, 2011 @ 18:02 | Responder

  2. A música é uma língua e pode ser aprendida como as crianças aprendem qualquer língua.
    Também desejo a você LH um caminho fascinante no mundo musical.
    Grande abraço
    Alim

    Curtir

    Comentário por alim soares — janeiro 11, 2011 @ 18:03 | Responder

  3. Se ele gosta de um “barulho” recomendo Pearl Jam (músicas Black; Alive, etc.)é um “barulho legal”.

    Curtir

    Comentário por Emília — janeiro 11, 2011 @ 20:53 | Responder

  4. Augusto,que criança linda!Tomara que ele faça uma linda carreira.Parabéns

    Curtir

    Comentário por Irany — janeiro 12, 2011 @ 21:53 | Responder

  5. Gú: Confesso para você que essa estória da guitarra, de início, achei que seria ” fogo de palha “. Mas, com o tempo, fui percebendo que realmente ele tinha interesse pelo instrumento. Ele sonha muito em formar uma banda, tocar e fazer shows por ai. Sei que nos dias de hoje é difícil viver só da música. Ele sempre me pergunta se serei fã da banda dele, e quando respondo que sim, me diz que sempre terei lugar na primeira fila para assisti-lo.
    Gosto muito dos textos que você escreve e me surpreendi com esse.
    Que o LH tenha uma carreira linda e que realmente corra atrás de seus sonhos.
    Beijos
    Rosana

    Curtir

    Comentário por Rosana — janeiro 13, 2011 @ 19:08 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Pensieri Parole e Poesie

Sono una donna libera. Nel mio blog farete un viaggio lungo e profondo nei pensieri della mente del cuore e dell anima.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: