A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

setembro 23, 2010

Feliz Primavera!

Flor da Jade (Strongylodon macrobotrys)

 

O post de hoje é especial… Hoje é o início da Primavera! Quero mostrar para vocês uma flor que tenho no quintal da casa que tenho em Rio Claro. Ela é a Jade. Há muito tempo quero falar sobre a jade (Strongylodon macrobotrys), esta trepadeira de cor semelhante à da pedra preciosa. Quando comecei formar meu jardim, queria uma trepadeira diferente. Aí, o Sartori, um amigo que tinha uma floricultura em Rio Claro, indicou a Jade, que é uma trepadeira originária das Filipinas. Seu crescimento é vigoroso, tanto que pode alcançar até 20 metros de comprimento. Em média, atinge de 6 a 8 metros. Suas flores surgem em cachos pendentes no período que vai do fim do inverno ao início da primavera. É uma trepadeira indicada para cobrir treliças, arcos e pérgolas. 

Composição com flores da Jade (não sei quem é o autor da foto)

Primavera
Cecília Meireles

A primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la.
A inclinação do sol vai marcando outras sombras; e os habitantes da mata, essas criaturas naturais que ainda circulam pelo ar e pelo chão, começam a preparar sua vida para a primavera que chega.

Finos clarins que não ouvimos devem soar por dentro da terra, nesse mundo confidencial das raízes, — e arautos sutis acordarão as cores e os perfumes e a alegria de nascer, no espírito das flores.

Há bosques de rododendros que eram verdes e já estão todos cor-de-rosa, como os palácios de Jeipur. Vozes novas de passarinhos começam a ensaiar as árias tradicionais de sua nação.
Pequenas borboletas brancas e amarelas apressam-se pelos ares, — e certamente conversam: mas tão baixinho que não se entende.

Oh! Primaveras distantes, depois do branco e deserto inverno, quando as amendoeiras inauguram suas flores, alegremente, e todos os olhos procuram pelo céu o primeiro raio de sol.

Esta é uma primavera diferente, com as matas intactas, as árvores cobertas de folhas, — e só os poetas, entre os humanos, sabem que uma Deusa chega, coroada de flores, com vestidos bordados de flores, com os braços carregados de flores, e vem dançar neste mundo cálido, de incessante luz.

Mas é certo que a primavera chega. É certo que a vida não se esquece, e a terra maternalmente se enfeita para as festas da sua perpetuação.

Algum dia, talvez, nada mais vai ser assim. Algum dia, talvez, os homens terão a primavera que desejarem, no momento que quiserem, independentes deste ritmo, desta ordem, deste movimento do céu. E os pássaros serão outros, com outros cantos e outros hábitos, — e os ouvidos que por acaso os ouvirem não terão nada mais com tudo aquilo que, outrora se entendeu e amou.

Enquanto há primavera, esta primavera natural, prestemos atenção ao sussurro dos passarinhos novos, que dão beijinhos para o ar azul.
Escutemos estas vozes que andam nas árvores, caminhemos por estas estradas que ainda conservam seus sentimentos antigos: lentamente estão sendo tecidos os manacás roxos e brancos; e a eufórbia se vai tornando pulquérrima, em cada coroa vermelha que desdobra.
Os casulos brancos das gardênias ainda estão sendo enrolados em redor do perfume. E flores agrestes acordam com suas roupas de chita multicor.

Tudo isto para brilhar um instante, apenas, para ser lançado ao vento, — por fidelidade à obscura semente, ao que vem, na rotação da eternidade. Saudemos a primavera, dona da vida — e efêmera.

Texto extraído do livro “Cecília Meireles – Obra em Prosa – Volume 1”, Editora Nova Fronteira – Rio de Janeiro, 1998, pág. 366.

7 Comentários »

  1. Nunca imaginei que a flor de Jade fosse assim. Sempre ouvi falar da beleza desta flor mas, até então, não tive a oportunidade de vislumbrar tamanha beleza e imponência. Ela transmite leveza ao mesmo tempo que força e vigor.
    Esse jardim deve ser lindo e muito especial. Conseguir vislumbrar o movimento da natureza em busca do novo dia, de uma nova estação é mágico.
    Aproveite sempre tudo o que a vida te dá de belo, natural e bom. Você merece. Bjs no coração…

    Curtir

    Comentário por Ivana — setembro 23, 2010 @ 19:47 | Responder

  2. A Natureza sempre nos oferece maravilhas, o que nos cabe é percebê-las e apreciá-las. A primavera sempre me faz lembrar a mensagem de um cartão que recebi tempos atrás de uma de minhas tias: “Não te detenhas a colher flores pelo caminho. Caminha, caminha, pois as flores guardarão a si mesmas florescendo em toda a sua jornada.”

    Curtir

    Comentário por Emília — setembro 24, 2010 @ 0:26 | Responder

  3. Olá !!!!!!!!!!!!!!
    Céus.. Pensei que era brincadeira a tal Flor de jade.
    Posso saber se é muda ou semente ?
    Se a Rosa Azul é um sucesso e raridade no interior de SP, imagine essa sua Flor de Jade.
    Linda linda linda
    Parabéns !!!!!!!!!!!

    Curtir

    Comentário por Elisa Droguett Farias — setembro 25, 2010 @ 17:11 | Responder

  4. AMO A PRIMAVWERA TENHO UMA RELAÇÃO MUITO BOA COM ELA..
    SEMPRE ME TROUXE COISAS BOAS INCLUINDO UMA MARAVILHOSA
    BENÇÃO DOS CÉUS.Nossa nunca tinha ouvido falar dessa flor…vivendo e aprendendo!!

    vi o seu site no fórum do wordpress e na parte de divulgação de blogs…
    escrevo sobre assuntos diversos principalmente artes e artesanato.
    gostaria de receber sua visita constante em meu blog.
    deixe seus comentários:

    http://annacrafts.wordpress.com

    Curtir

    Comentário por annamerari — setembro 27, 2010 @ 18:55 | Responder

  5. […] um mes atras eu não conhecia esta flor linda em tom turquesa. E não é que dei de cara com ela no blog do Augusto, e já perguntei: […]

    Curtir

    Pingback por trepadeiras « Blog da Reforma — outubro 29, 2010 @ 12:37 | Responder

  6. Olá…Minha casa fica em Mangaratiba-RJ, tenho um pergolado com esta flor a quase 1 ano, mas acredito que não estou sabendo cultiva-la. Esse pergolado fica exposto ao sol de verão a “muda” foi plantadas num vaso grande, troco a terra a cada 3 meses, e mesmo assim ela cresce lentamente. já nasceu uma florzinha tão pequenina que foi a falicidade.
    O que posso fazer? Amo esta planta!
    Abraço!

    Curtir

    Comentário por Valéria — janeiro 9, 2011 @ 13:35 | Responder

  7. Oi,

    Conheci a flor de Jade no zoologico e fiquei apaixonada, gostaria de saber já fiz várias pesquisas mas não achei muita coisa sobre a semente seria possível me dizer algumas coisas sobre ela, exemplo: qual época que dá a semente na Jade, como saber se é realemtne a semente dela(formato, cor e etc) e como deve ser cultivada se tem que colocar fertilizante especial ou coisa assim. É que não sei se é verdade mas me contaram uma vez que tem plata que se coloca leite ou suco de laranja, por isso que gostaria de saber se a Jade é assim.

    Desde já agradeço!

    Babi.

    Curtir

    Comentário por Babi — março 24, 2011 @ 17:42 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Pensieri Parole e Poesie

Sono una donna libera. Nel mio blog farete un viaggio lungo e profondo nei pensieri della mente del cuore e dell anima.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: