A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

setembro 15, 2010

Mistura de estilos na decoração de um apartamento

Quando vim trabalhar em São Paulo, não sabia se iria ficar. Então morei de aluguel por um tempo. Somente depois de alguns anos é que decidi que ficaria e comecei a pensar onde compraria um imóvel. Cheguei a conclusão que o melhor seria fugir do trânsito – não tenho carro e sou contra quem tem um aqui na capital e usa esse meio de transporte por luxo. Então a opção foi – morar no centro! Perto de tudo. Principalmente do trabalho. Hoje faço o meu trajeto diário a pé.

sala

 Como achei meu apartamento.

Depois de muita procura, encontrei um apartamento antigo, grande, amplo, arejado e que considerei sofisticado. Localizado num prédio antigo, o apartamento remete aos lofts novaiorquinos. Bem, não sei se é correto chamar um apartamento de loft. Pelo que sei, loft é outra coisa.

O pé direito alto possibilitou inúmeras formas de iluminação. Foi feito um rebaixo, em madeira, com placas de acrílico e com dois tipos de iluminação. Uma mais forte e outra mais intimista.

Algumas paredes haviam sido retiradas, deixando o espaço clean, com ambientes amplos, poucos elementos e muita funcionalidade. Também as antigas janelas venezianas foram retiradas dos quartos e no lugar, janelas somente com vidro foram colocadas. 

O antigo proprietário achou que os vários cômodos perderam o sentido e o jeito foi reduzir o número de ambientes compartimentados, integrando melhor o espaço de acordo com as necessidades dela, que passava bom tempo em casa.

Visão geral

Para reduzir o número de cômodos foi preciso apelar para o quebra-quebra. Tinha muito espaço inútil. O primeiro passo foi derrubar diversas paredes e eliminar dois quartos. Um deles se transformou em quarto e escritório. E o outro dormitório se tornou em sala de jantar.

De outro ângulo

O piso em tacos de madeira foi mantido. As portas e fechaduras também. O imóvel recebe toda a boa luz do dia.

O apartamento tem espaços amplos, pés-direitos generosos e detalhes charmosos.

Contrastes

Amigos me diziam para não comprar um apartamento antigo. Fui contra todas as opiniões. Tudo tem jeito. Um piso de tacos já opaco pode ganhar brilho e beleza com raspagem e uma aplicação de ácido para clarear as marcas da deterioração. Já os azulejos e pisos podem ser sobrepostos por texturas e novos revestimentos sem nenhum quebra-quebra. Uma pequena reforma transformou o apartamento antigo e sem graça, num charmoso e bem aproveitado misto de apartamento/casa.

Anúncios

28 Comentários »

  1. adorei!!!
    dá pra ficar um tempão so vendo a mistura que vc fez aí!
    vc tem uma cadeira luis XV!!! E a chaise é bem moderna.
    tambem amei o recurso das paredes derrubadas e um colcha charmosa de patchwork bloquenaod a visão do quarto.
    num dia de festa, prende-se a colcha e as pessoas se espalham pelo ape!!!
    queremos mais fotos…

    Curtir

    Comentário por coisadelilly — setembro 15, 2010 @ 20:47 | Responder

  2. […] acostumamos a  invadir a casa das amigas blogueiras, mas desta vez eu pedi para o Augusto, do blog A Simplicidade das coisas, para mostrar para os meus leitores o apartamento lindo onde ele […]

    Curtir

    Pingback por Casa de blogueiro!!! « Blog da Reforma — setembro 15, 2010 @ 20:53 | Responder

  3. Que apartamento arrumadinho!!!! Ele fica sempre assim… Parabéns!

    Curtir

    Comentário por Solange — setembro 15, 2010 @ 22:05 | Responder

  4. A grande vantagem dos apartamentos antigos é que eles são amplos e têm um jeito de casa, muito diferente dos apartamentos moderninhos de hoje em dia, que são minúsculos e sufocantes. Desisti de comprar um AP minúsculo que tinha dois quartos que não davam o tamanho do meu, nem móveis planejados davam jeito naquilo.

    Curtir

    Comentário por Emília — setembro 15, 2010 @ 23:33 | Responder

  5. Faltou a cozinha.
    Esta ficando cada dia mais lindo e charmoso.
    Breve retornarei para desfrutar um pouquinho com vcs .
    Beijosss

    Curtir

    Comentário por Irany — setembro 16, 2010 @ 0:24 | Responder

    • Oi Laly, querida!

      As portas estão e estarão sempre abertas para vocês. Beijos e venha logo.

      Augusto

      Curtir

      Comentário por augusto — setembro 16, 2010 @ 12:34 | Responder

  6. Adorei!!!!
    Uma delícia seu cantinho…Amo penteadeiras,amo,amo,amo…e vi que você tem uma…rsrsrs

    Abraço

    rosi

    Curtir

    Comentário por Rosi — setembro 16, 2010 @ 2:05 | Responder

    • Oi. E essa eu comprei por tão pouco que se eu contar quanto foi vc não acreditaria…

      Curtir

      Comentário por augusto — setembro 16, 2010 @ 13:40 | Responder

  7. Olá Augusto, como vai?
    Parabéns pelo lindo apartamento e principalmente bela beleza da decoração.
    Valorizou-o ainda mais.
    Esperamos mais fotos!
    Abraços.

    Curtir

    Comentário por Fátima — setembro 16, 2010 @ 13:20 | Responder

    • Oi Fatima.
      Obrigado. Essas fotos já estão um pouco antigas. Mudei algumas coisas de lugar, pintei o quintal. Preciso postar a foto dele.

      Curtir

      Comentário por augusto — setembro 16, 2010 @ 13:41 | Responder

  8. Particularmente nao gostei da linguagem. A decoracao ficou com cara de brecho. A unica coisa interesante foi a manutencao dos tacos

    Curtir

    Comentário por Cleria — setembro 17, 2010 @ 6:29 | Responder

  9. Você tem extremo bom gosto, amei, o piso então é maravilhoso!

    Amei a mistura que você fez, sinal de casa com personalidade!!Você fez um excelente investimento comprando um apê antigo!

    Como disseram está bem arrumado além de tudo!!Olha, eu sou taurina e uma bagunceira nata!!!

    Curtir

    Comentário por Fernanda — setembro 23, 2010 @ 12:56 | Responder

  10. amei. simplesmente lindo!
    eu tbm sou taurina e adoro misturar o antigo ao novo. tbm to decorando meu flat aqui em bh. outro dia eu encontrei uma cadeira antiga, estilo torneada, no lixo e a reformei com tom vermelho o acento e o encosto. aproveitei o vermelho e coloquei um quadro de pintura bem colorido com moldura vermelha a cima dela. achei que ficou lindo a combinaçao. e para compor minha decoração, tenho tbm algumas peças em mosaico que eu mesma faço. tipo quadros, cachepô, porta retratos, o espelho da bancada do banheiro, etc. fico inventando, criando, recriando e curtindo o meu cantinho.
    acho que somos ate parecidos no gosto, preservaçao do antigo e na praticidade. nao acha??? rs
    parabens pela sua conquista.
    beijos, beijos!!!

    Curtir

    Comentário por madalena — novembro 23, 2010 @ 13:57 | Responder

  11. […] apartamento tem 117 m² e mais de cinquenta anos. Veja mais sobre ele aqui. Fica em um primeiro andar. Desde que o comprei fiz poucas reformas. Uma pintura básica em branco, […]

    Curtir

    Pingback por Reforma de varanda de apartamento « A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini — fevereiro 16, 2011 @ 18:24 | Responder

  12. Tô adorando conhecer seu “cantinho”… bem seu estilo.. bem zen… gostaria mto se toda alteração vc me enviasse… adorei suas idéias… parabéns meu anjo… parabéns!!!!

    Curtir

    Comentário por Ivana — fevereiro 17, 2011 @ 19:16 | Responder

  13. Ahhhhhhhhhhh vou aproveitar algumas… tudo bem? Bjs

    Curtir

    Comentário por Ivana — fevereiro 17, 2011 @ 19:17 | Responder

  14. Adorei. Sabe que o taco é igualzinho ao da minha casa e o meu sofreu dois polimentos apenas?
    O meu apartamento deve ter 50 anos e euu vivo aqui há 47 anos.
    Também concordo que se deve recuperar casas antigas. A maioria ficam perto de tudo.
    Parabéns.
    Maria

    Curtir

    Comentário por Maria — setembro 5, 2011 @ 23:03 | Responder

    • Oi Maria.
      As pessoas que trabalham comigo dizem que sou louco por morar no centro. Muitos acham o centro perigoso e nem andam por aqui! Sabe o que acho engraçado? Muitos amigos do trabalho moram em Moema, Jardins… lugares que estão cheios de arrastões em prédios, assaltos nas ruas e morte por tiros!
      Aqui onde moro vejo moradores de rua, como em todos os lugares de São Paulo. A Avenida Paulista está cheia deles!
      De vez em quando escuto falar que um trombadinha roubou uma bolsa na Praça ao lado ou na rua. Mas ainda nunca vi tiro por aqui ou alguém sendo assaltado ou morto no meio da rua.
      E quando me perguntam: o centro não é perigoso? Tenho vontade de ir ao Theatro Muncipal, mas tenho medo. E eu digo – vá sim, mas coloque o seu colete a prova de balas!
      Aproveito quase todos os espetáculos do Municipal. Volto a pé para casa bem depois da meia noite. E nunca fui importunado por nada ou niguém.
      Ah sim, e esse apartamento aqui também deve ter 50 anos ou mais. Fiz uma pesquisa na Prefeitura e consegui a planta do prédio. Foi construído pelo Adhemar de Barros!
      Abraços.

      Augusto

      Curtir

      Comentário por augustomartini — setembro 6, 2011 @ 0:58 | Responder

  15. Muito bacana seu apartamento, uma mistura muito sutil e de bom gosto. Uma coisa que acho lindo e que hoje muita gente está desprezando e que vc Augusto conservou são os tacos de madeira; são chiques e trazem aconchego ao ambiente. Muito bom mesmo. Parabéns!!

    Curtir

    Comentário por Regis Silva — setembro 5, 2011 @ 23:33 | Responder

    • Boa noite Regis!
      Agradeço pelo comentário.
      Quando comprei esse apartamento estava em uma fase muito ruim de minha
      vida. Fiz poucas modificações. Já não tinha as paredes. Somente
      repintei, pois nunca gostei de morar em um lugar sem antes passar pelo
      menos uma tinta nova nas paredes. Hoje ele já está um pouco melhor que
      essas fotos. Preciso escrever um novo texto e postar novas fotos.
      Também gosto muito dos tacos. Lembram os da casa de meus pais.
      Esses já encontrei assim. Tinha muitos tacos soltos e eu mesmo colei.
      Ainda estão bonitos, mas tenho vontade de fazer uma raspagem e passar
      um sinteco ou bona novos.
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por augustomartini — setembro 6, 2011 @ 0:50 | Responder

  16. Ai achei tudo lindo…procurei um monte de palavras pra descrever a sensação que tive com as fotos e só me veio uma:pleno. Achei o apartamento pleno de espaço, personalidade e, acima de tudo, de uma palavra que eu inventei agorinha mesmo: morabilidade. Realmente mora alguém aí, alguém que tme um jeito, um tipo, algumas preferências… Diferente daqueles micro-apartamentos modernosos cheios de rebaixamentos esdrúxulos de gesso e porcelanatos gloss….aff.

    E adorei mais ainda a sua resposta sobre morar no centro em SP. Me deu até vontade de pedir socorro pra vc para os dias que vou passar aí e queria andar pela cidade sem parecer uma turista perdidaça…ahahaha

    Curtir

    Comentário por fpfernandapereira — setembro 12, 2011 @ 22:02 | Responder

  17. OMG!!! E aquela penteadeira liiinda de viver da última foto??? Seu lar está perfeito e essa iluminação é tudo!!! Parabéns!!!

    Curtir

    Comentário por Vânia María — setembro 16, 2011 @ 18:48 | Responder

  18. Oi Augusto.achei uma graça o seu texto.Muito espirituoso….e delicado.Sabe que eu tb comprei um apartamento antigo nas proximidades do bairro do brás.Aqui tem muito imoveis antigos e grandes. O meu nao e tao grandao como o seu, mas e bem mais interessante que estes novos que sao veradeiras kitinetes(nada contra) -imagine…hj em dia a diferenca entre os apartamentos antigos e atuais sao outra coisa.
    Aqui tb mantive os tacos.Parabens pela sua compra….pela sua decoracao…..por tudo!

    Curtir

    Comentário por lulu — fevereiro 6, 2012 @ 22:32 | Responder

    • Oi Luciana!

      Agradeço por sua visita e seu comentário. É verdade – atuamente os apartamentos de 60 metros costumam ter até 3 quartos!
      Um abraço.

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — fevereiro 8, 2012 @ 9:46 | Responder

  19. […] em São Paulo e morar no centro. Comecei a procurar apartamentos. Visitei vários até chegar ao da Avenida Dr. Vieira de Carvalho, onde moro. A Trud, uma simpática moradora do prédio e que habita o sétimo andar há 45 anos, […]

    Curtir

    Pingback por Trud – uma imigrante romena de alma brasileira! « A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini — setembro 28, 2012 @ 16:50 | Responder

  20. […] onde nasci. Aqui na capital, procurei um apartamento que tivesse “cara” de casa. Hoje, vivo nesse apartamento que tem até uma pequena área externa, o que é um privilégio para quem mora na […]

    Curtir

    Pingback por Vila Maria Zélia – um tesouro no centro de São Paulo | A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini — janeiro 11, 2014 @ 23:18 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: