A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

maio 13, 2010

Fièsole – nas proximidades de Florença, Itália

Quando estive em Florença, dediquei meio dia para conhecer Fiesole, uma cidadezinha fantástica que fica tão somente há 8 km ao norte. Situada em uma colina com vista para o Vale do Arno, sua fundação data do século VII aC e é atribuída aos etruscos. 
A área arqueológica da cidade preserva um teatro romano, que atualmente é utilizado para algumas festividades da cidade. A partir dele, você pode desfrutar as vistas panorâmicas sobre a paisagem circundante, inclusive Florença. Algumas relíquias de um templo romano podem ser apreciadas no Museu Arqueológico. 

Teatro Romano de Fièsole

Na praça central está a Catedral de São Rômulo, que remonta aos séculos XI-XIII. Ao lado da Catedral está o Palácio Episcopal do século XI, que abriga também um seminário. A parte oriental da praça é ocupada por um Palacete Pretoriano, do século XIV. Entre o Palácio Episcopal e o seminário, está a Igreja e a praça de S. Garibaldi Alexander. No topo do morro está a igreja de São Francisco. Há também a casa Bandini, que abriga um Museu com fantásticas pinturas dos Sécs. XIII e XIV. 

Os trabalhos de Giovanni Boccaccio retratam diversas vezes as colinas de Fiesole, pois as considerava um lugar ideal e agradável.

Visão do vale, olhando do páteo da igreja de São Francisco

 
Pico della Mirandola, em Fiesole, foi muito celebrado por Poliziano, freqüentado por Lorenzo, o Magnífico, e a partir do Renascimento é escolhido como residência das famílias ricas de Florença. As casas que se encontram na colina são elementos de prova dessa época. A partir da segunda metade do século XIX (quando Florença se tornou a capital da Itália, 1865-1870), em Fiesole, é realizado um extenso trabalho de reconstrução e de expansão urbana, com novas residências e habitação de classes médias. A cidade, basicamente, assume a aparência de hoje. Em 1873, são encontrados os restos do teatro romano (trabalhos que ficaram sob a supervisão do Marquês Carlo Strozzi) e que também criou o sítio arqueológico e Museu (1878).

Termas, que ficam dentro do sítio arqueológico do Teatro Romano

No clima de renascimento e de redescoberta do século XIX, começam a fazer parte significativa na população a presença cultural de estrangeiros, em particular britânicos. Um inglês reconstruiu o Castelo Vincigliata (John Temple), que introduziu por ali a reavivação da Idade Média na arquitetura do Castelo. 
 
Muito do charme de Fiesole está vinculado, além de seus tesouros artísticos e arqueológicos, à sua beleza histórica e sua paisagem cênica. Você pode fazer passeios agradáveis e curtos para além das antigas muralhas. Em toda paisagem você verá muitos ciprestes, que foram introduzidos, segundo a tradição, pelos etruscos. Eles estão espalhados ao redor das moradias e casas como elemento decorativo de acordo com o estilo tardio-romântico do século XIX.

Vista de Fièsole, olhando de um dos muitos mirantes que existem na região

 
Durante a Renascença, os moradores “encomendaram” muitas obras para a cidade, dando para as igrejas e residências um  belo visual externo. A cidade possui também belas esculturas e pinturas. O governo dos Médici teve um papel preponderante no apoio para essa reformulação territorial, e em Fiesole principalmente, visando servir aos interesses da cidade de Florença, inspirado por um sentimento de ordem e beleza, ditando uma regra comum para todas as artes. Você pode vislumbrar isso ao longo dos vales e montanhas e em todas as direções, observando o visual das casas e mansões.
 
Fiesole realmente é um lugar fantástico e que vale muito a pena ser conhecido. Fique até um pouco mais tarde e veja, lá das colinas, o pôr do sol sob Firenze! É uma visão do paraíso!
Anúncios

13 Comentários »

  1. Poxa… Andastes por muitos lugares fantásticos.
    Um dia quem sabe poderei ir também. Acredito muito que nestes lugares devemos ver e tocar, para que possamos sentir a realidade ali vivida.

    Curtir

    Comentário por Irany — maio 13, 2010 @ 15:37 | Responder

  2. Oi… nossa que viagem fantástica vc fez… estou aqui, imaginando esses lugares, as paisagens belissimas e incorporando o trecho “Fiesole realmente é um lugar fantástico e que vale muito a pena ser conhecido. Fique até um pouco mais tarde e veja, lá das colinas, o pôr do sol sob Firenze! É uma visão do paraíso!” O sonho de conhecer Pádua e Veneza estão agora, atrelados a Florença/Fiesole… vou pensar grande e realizar meu sonho de menina. Amo apreciar o por do sol. Imagino o quanto essa viagem foi especial e o quanto deixou gravado em seu coração e na memória os lindos momentos vividos na nostra Itália. Realmente, como disse a Irany, é um lugar que merece ser tocado para sentir sua realidade. Obrigada por compartilhar conosco… comigo. Bjs.

    Curtir

    Comentário por Ivana — maio 13, 2010 @ 19:03 | Responder

  3. Bom dia, Augusto. Adorei seu post. Me chamo Flavia Sbragia e sou autora do blog “Toscana, aí vou eu!”. Gostaria de pedir a sua permissão para republicar esse seu lindo texto e experiencia em meu blog.
    o email é toscanaaivoueu.gmail.com
    Aguardo contato, obrigada.
    Flavia Sbragia

    Curtir

    Comentário por Flavia Sbragia — agosto 23, 2013 @ 10:54 | Responder

    • Oi Flávia.

      Fique a vontade para republicar. Vou visitar seu blog. Em novembro, e por dez dias, volto para a Itália pela segunda vez. Chego por Roma, mas, ainda sem saber para onde ir. Quero dizer – querer quero ir para muitos lugares. Mas, faltará tempo e dinheiro. Rs. Talvez o sul… talvez Ciano, Cornuda (região de Treviso), de onde vieram meus bisavós paternos.

      Abraços.

      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — agosto 24, 2013 @ 0:47 | Responder

  4. […] Hoje vamos ficar com um lindo texto sobre Fiésole. Ele foi escrito  (e já publicado) por Augusto Martini, autor do blog As Simplicidades das coisas. Obrigada Augusto, por […]

    Curtir

    Pingback por Fièsole – nas proximidades de Florença, Itália | Toscana, aí vou eu!! — agosto 25, 2013 @ 0:04 | Responder

  5. Oi Augusto, estarei aindo para Firenze e gostaria de saber como se chega em Fiesole. Tem que ir de ônibus ou existe um trem?
    Muito obrigada e parabéns pelo blog.
    Um Abraço,
    Cristina Casarini

    Curtir

    Comentário por Cristina Casarini — agosto 29, 2013 @ 15:52 | Responder

    • Oi Cristina,
      Vá de ônibus. É bem próximo de Firenze.
      Boa viagem!
      Abrs.

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — agosto 29, 2013 @ 16:08 | Responder

      • Estivemos em Firenze, mas não fomos até Fiesole, depois descobri que meus ansestrais migraram desta região, fiquei curioso para saber se ainda existe a família Bettin.

        Curtir

        Comentário por João Pedro Bettin — dezembro 9, 2014 @ 16:48

      • Oi João Pedro.
        Sua família, aqui no Brasil é de Cordeirópolis/SP? Tenho uma grande amiga de faculdade que era Bettin e de lá.
        Abrs.
        Augusto

        Curtir

        Comentário por Augusto Martini — dezembro 9, 2014 @ 17:21

  6. Buongiorno Augusto Martini,
    Encantada com sua matéria. Texto e fotos. Interessantíssimos. Parabéns!
    Como é o nome de seu blog? Com certeza, quero conhece-lo.
    Vou para Siena daqui 2 meses e Fiesole está no roteiro, felizmente.
    Gratíssima pela atenção.

    Valquiria (abaixo segue meu nome e e-mail)

    Curtir

    Comentário por Valquiria Bizatto — abril 30, 2015 @ 17:47 | Responder

    • Oi Valquíria.
      Agradeço sua visita ao blog “A Simplicidade das Coisas”.
      Fiésole é muito bonitinha. Vale a pena conhecer.
      Abraços.
      Augusto

      Curtir

      Comentário por Augusto Martini — maio 4, 2015 @ 9:30 | Responder

      • Gratíssima pela resposta, Augusto!

        Curtir

        Comentário por Valquiria Bizatto — maio 5, 2015 @ 16:54

      • Sempre às ordens, Valquíria. Abraços. Augusto

        Curtir

        Comentário por Augusto Martini — maio 5, 2015 @ 17:12


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Obrigado por assinar o meu blog! Espero que goste!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: