A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

fevereiro 28, 2008

Como o Peito Aberto e o Coração Partido

Filed under: Memórias,Uncategorized — Augusto Jeronimo Martini @ 14:09
Tags: , ,

Lua Branca
Chiquinha Gonzaga
Oh, lua branca de fulgores e de encanto,
Se é verdade que ao amor tu dás abrigo,
Ah, Vem tirar dos olhos meus, o pranto,
Ai, vem matar essa paixão que anda comigo.

Oh, por quem és, desce do céu, ó lua branca,
Essa amargura do meu peito, ó vem, arranca,
Dá-me o luar de tua compaixão,
Ah, vem, por Deus, iluminar meu coração.

E quantas vezes, lá no céu, me aparecias,
A brilhar em noite calma e constelada.
E em tua luz então me surpreendias
Ajoelhado junto aos pés da minha amada.

E ela, a chorar, a soluçar, cheia de pejo,
Vinha em seus lábios me ofertar um doce beijo.
Ela partiu, me abandonou assim,
Oh, lua branca, por quem és, tem dó de mim!

O amor acaba? Já me disseram que isso é mentira. Que amor é eterno, que a realidade pode dar uma mascarada neste sentimento, mas que ele é indestrutível.  É aquela velha história: se acabou então não era amor. Ninguém é perfeito e argumentos utilizados pela pessoa que acaba o relacionamento nunca convencem. Pequenas coisas ou modos de agir a irritavam, etc. Isso pode ser a gota d’água para o fim de um relacionamento? Onde fica a compreensão, companheirismo, amor e principalmente respeito? Amor é carinho, respeito, amizade, companheirismo. É um gesto, um olhar, um abraço, um afago. Mas veio o “Acabou. Eu não te amo mais”. “Acabou”. Simples assim. O amor acaba? Eu acredito que não. Mas para a maioria das pessoas acaba,  e, com ele, acabam sonhos. Acabam parcerias, acabam gestos, acabam olhares, acabam sabores, acabam sorrisos… Acabam fins de semana e dias felizes. Quebra-se um fio que de um lado fica o “eu”, do outro o “você” e termina o “nós dois”. E cada um volta a ser uma peça solta nesse enorme e disforme quebra-cabeça que é a vida. (more…)

fevereiro 21, 2008

Documentário “Uma Verdade Inconveniente”

Filed under: História — Augusto Jeronimo Martini @ 14:14
Tags: , , ,

Você já assistiu ao filme/documentário “Uma Verdade Inconveniente”? Teoricamente, é um documentário que mostra dados alarmantes de uma conferência sobre os efeitos devastadores do aquecimento global que Al Gore, ex-vice-presidente de Bill Clinton tem apresentado pelo mundo. Desse ponto de vista, não parece grande programa, sobretudo porque a conferência de Al Gore, ilustrada com uma série de slides, se destina a um público majoritariamente americano – país que, como os dados objetivos constantemente referenciados provam, continua a ser estruturalmente resistente a políticas ambientalistas, sobretudo depois da administração Bush insistir em não ratificar o acordo de Kioto. Mas vale a pena ser visto!
Abaixo, reproduzo um texto recente do Cristovam Buarque, publicado no O Globo, de 11/11/2006. Cristovam foi ministro da Educação e é senador pelo PDT do Distrito Federal. No texto, faz uma crítica construtiva sobre o filme. (more…)

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: