A Simplicidade das Coisas — Augusto Martini

outubro 27, 2005

SORRIA: VOCÊ ESTÁ NA BAHIA!

Filed under: História,Memórias,Viagens — Augusto Jeronimo Martini @ 18:37
Tags: , ,

As palavras da frase acima foram as que mais ouvi nos setes dias que passei em Salvador. Todos os vendedores/ambulantes dizem isso ao se aproximarem. Minha viagem à Bahia era sonhada há muito tempo, e para falar a verdade, quando finalmente se realizou, não foi bem o que eu esperava. Foi muito melhor. Encontrei em Salvador um povo que parece estar sempre de bem com a vida, exorcizando o stress, cantando, dançando, e curtindo as coisas boas de cada dia, uma de cada vez, como todo mundo deveria fazer. Imagine um lugar alegre: Assim é Salvador.

Foi nas terras Baianas que Pedro Alvarez Cabral avistou, em 22 de abril de 1500, o Monte Pascoal. E em pouco tempo, Salvador iria se transformar num dos mais importantes centros históricos e culturais do outro lado do oceano, a tal ponto que em 1763 a cidade já era o maior centro urbano do hemisfério sul. A parte central de Salvador divide-se em Cidade Alta, construída sobre colinas, e Cidade Baixa, à beira mar. (more…)

outubro 19, 2005

Parati, uma deliciosa viagem no tempo

Filed under: História,Viagens — Augusto Jeronimo Martini @ 18:30
Tags: , ,

Estou em férias e em minha primeira semana de descanso passei uma semana maravilhosa em Parati/RJ. Conheci praias limpas e ilhas desertas, mergulhei em alto mar em águas transparentes e fiz novos amigos. Fiquei triste vendo os antigos habitantes locais (índios) largados pelas ruas da cidade, comercializando artesanato e mostrando seus cantos e danças para as centenas de turistas estrangeiros que visitam a cidade.

Os índios Guaianás viviam tranqüilos neste paraíso perdido no Atlântico. Eles reinavam sobre uma área que ia de Mangaratiba no Rio de Janeiro até Taubaté em São Paulo. Parati, em tupi, quer dizer jazida do mar, golfo, lagamar. E assim ficou sendo conhecida desde que os portugueses aportaram aqli por volta de 1500. A cidade começou a se formar a partir do forte e da capela construídas em um morro. Estas duas construções foram batizadas em homenagem a São Roque, santo do dia 16 de agosto, dia da descoberta da cidade. Em 1640 o pequeno vilarejo se alargou até o local hoje compreendido pelo Centro Histórico. (more…)

Blog no WordPress.com.

DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

Escrito por PROF RAFAEL PORCARI, compartilhando sobre futebol, política, administração, educação, comportamento, sociedade, fotografia e religião.

Saia de viagem

Em frente, sempre.

Mulher Moderna

Fazendo de tudo um pouco.

Memórias de Tereza

Um blog de memórias, recordações e lembranças familiares

Blog da Reforma

Um dia esta reforma acaba!

%d blogueiros gostam disto: